15 coisas que estão sendo extinguidas pelos smartphones

em abr 15, 2014:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
15-coisas-que-o-smartphone-esta-matando

Desde a chegada dos smartphones no mercado, muito mudou. Com suas funcionalidades, parte dos serviços que existiam antes estão sendo deixados de lado. Aos poucos, os smartphones estão conquistando o mundo e empurrando outros aparelhos e serviços para a margem. Se antes era normal andar com um celular e uma câmera compacta, agora elas estão renegadas a poucos usuários.

A lista a seguir mostra algumas das coisas que estão se tornando obsoletas por causa dos smartphones. Não que elas não sejam mais usadas, mas se tornaram produtos de nicho ou de pouco uso.

Navegador GPS

Muitos smartphones têm um GPS embutido. Andar com um aparelho só para navegação dentro do carro está acabando. Aplicativos como o Waze ou o Google Maps são capazes de fazer as mesmas tarefas (e outras antes impossíveis) que o GPS. Para viajar ou mesmo andar dentro da mesma cidade, hoje é mais fácil fazer a navegação usando o smartphone do que usar um GPS.

Câmeras compactas

Uma das principais brigas entre smartphones topo de linha é para ver quem tem a melhor câmera. Os aparelhos da Nokia, por exemplo, já trazem câmeras de até 40 megapixels. Isso fez com que as câmeras compactas fossem deixadas de lado. Para que carregar dois aparelhos diferente?

MP3 Players

A Apple revolucionou o mercado da música com seu iPod e o iTunes. Nos últimos anos, no entanto, as vendas do iPod estão caindo tanto que muito se fala sobre a Apple descontinuar o iPod clássico. Outros modelos de tocadores de MP3 praticamente desapareceram do mercado. Os smartphones não somente carregam músicas dentro de si, como também podem ter aplicativos como Rdio e o Spotify. A conexão 3G e 4G baixa músicas instantaneamente e as toca sem que seja preciso armazená-las dentro do aparelho.

Orelhão

Você precisa fazer uma ligação urgente. É preciso ter fichas ou cartão e ainda encontrar um orelhão. Não se um smartphone estiver no bolso. Os orelhões já foram sinal de comunicação móvel (ou não tão móvel assim). Hoje, são usados por poucas pessoas em momentos muito específicos.

Bloco de anotações

Bloco de anotações e caneta no bolso são coisas do passado. Com um smartphone, é possível fazer anotações simples, sincronizar seu conteúdo entre diversos aparelhos ou mesmo compartilhar o conteúdo com outras pessoas.

Apps como o Evernote ainda deixar que o usuário faça anotações usando os dedos, ao invés de escrever com o teclado. Desenhos e esboços rápidos são tarefas simples.

Videogames portáteis

A Nintendo ganhou um grande mercado com o lançamento do seu primeiro videogame portátil, o GameBoy. Hoje, para se divertir de maneira rápida, é só baixar um joguinho no smartphone. O mundo foi conquistado por games como Angry Birds ou Flappy Bird.

Gravador de voz

Essa serve para muitos jornalistas, inclusive. Antes, na hora de fazer uma entrevista era preciso levar o amado gravador de voz. Agora, o smartphone no bolso pode resolver o problema. Além de aplicativos nativos, ainda é possível encontrar outra porção deles especialmente desenvolvidos para gravar uma conversa ou entrevista

Relógio de pulso

Hoje o relógio de pulso é mais uma questão estética do que necessidade. Um simples movimento de tirar o smartphone do bolso ajuda a consultar a hora. O relógio de pulso ficou menos útil quando passamos a carregar um dispositivo com um relógio embutido por 24 horas por dia.

Rádio relógio

Relógio cabeceira da cama e na hora de acordar ele liga logo na sua rádio preferida. Sim, o rádio relógio também foi aposentado pelos smartphones. Além de ter a hora na tela principal, é possível programar alarmes (sim, diversos deles) com o gadget. Dias da semana, soneca, repetições, tudo pode ser escolhido. Sem contar que dá para escolher a sua música preferida e evitar acordar de mau humor por causa de alguma canção ruim.

Calculadora

Qualquer smartphone hoje vem com uma calculadora integrada. Elas são extremamente úteis para momentos como a fila do banco ou a divisão da conta de um restaurante. Alguns aplicativos trazem inclusive funções avançadas de cálculos disponíveis apenas em calculadores científicas.

Ponto de táxi

Antes, para se conseguir um táxi era preciso saber o ponto mais próximo ou vagar pelas ruas até um disponível passar. Aplicativos como Taxi Beat e 99 Taxis estão mudando a forma como se pega um táxi. Para o consumidor, o ponto faz menos sentido: com um app a espera é menor e a comodidade maior.

Rádio

Nem mesmo o velho rádio passou ileso pelo smartphone. Alguns modelos são capazes de captar as ondas e sintonizar nas frequências desejadas. Outros vão ainda mais longe, como o TuneIn Radio. Com eles é possível se conectar a rádios online ou mesmo ouvir a podcasts pelo smartphone.

Agenda e calendário em papel

Uma agenda ou calendário precisava durar o ano todo. Lá para outubro, a capa já estava meio capenga e algumas páginas começavam a se desprender. Anotar datas e compromissos ficou muito mais simples com os smartphones. Não é necessário ficar olhando toda manhã, eles podem mostrar notificações quando algum compromisso estiver chegando ou quando for aniversário de alguém.

Dicionários

Andar com um dicionário de bolso era tarefa obrigatória para qualquer um que se preocupasse com a língua portuguesa. Mas já faz tempo que aqueles pequenos livrinhos abandonaram as bolsas e mochilas. Com um smartphone, é possível procurar definições de palavras na internet usando um navegador ou mesmo usar um aplicativo dedicado para isso.

Lista de compras em papel

Era sempre a mesma história. Antes de sair para o supermercado era preciso escrever todos os itens que se precisava. Deixar a lista em casa era pedir para voltar antes do desejado. Com os apps de anotações dos smartphones, fazer a lista ficou mais fácil. Sem falar que as chances de esquecer o celular em casa são muito mais remotas do que um pedacinho de papel.

Fonte: Exame

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25