3 Dicas para os varejistas se manterem relevantes

em jun 20, 2014:por

João Parente

Formado em Publicidade e Propaganda, especializado em gestão de projetos. Trabalhou em grandes agências digitais, como F.biz e TV1.com, e na multinacional Liberty Seguros. Atualmente Sócio da eNext, PMO e responsável por gestão de projetos e performance. Tem histórico de clientes como: Karsten, 3 Corações, Grupo Bandeirantes, Microsoft, Guaraná Antártica, Grupo Pão de Açúcar, 3M, Petrobras, Boticário, Volkswagen, Semp Toshiba, Gerdau, Unilever, e Netshoes.
Views35
webrooming

Nos últimos anos, o comércio eletrônico cresceu muito! De acordo com o “eMarketers”, a venda em e-commerce B2C global crescerá 20.1% este ano, isso graças a rápida expansão dos mercados emergentes, o crescimento do m-commerce, amadurecimento da logística de entrega, aumento das opções e formas de pagamento, assim como a entrada de grandes marcas em mercados internacionais.

Além disso, alguns estudos recentes da “Deloitte” confirmam que até o final de 2014, 50% de todas as vendas em lojas físicas, serão influenciadas por serviços digitais, aumentando também a conversão dessas lojas em 13%, quando os clientes usam seus dispositivos móveis para pesquisar online.

Isso é a prova de que o Mercado está mudando e os varejistas que ainda estão pensando em se posicionar na internet, devem entrar logo, antes que seja tarde!

A tecnologia deve ser sua aliada, para capturar dados dos clientes e usa-los para melhorar a sinergia entre os dispositivos de venda, além de ter certeza de que a experiência com sua marca é única em toda a Web, Mobile e lojas físicas.

Use os dados online
Todos os dados de comportamento online se tornaram chave para o comércio como um todo. Hoje a internet dita tendências.

É muito importante ter ferramentas que coletem todos os dados dos seus consumidores e que usem para melhorar a experiência em todos os canais. Os varejistas de sucesso serão aqueles que conseguirem direcionar todos os dados da Web para as devidas áreas da empresa no momento correto, usando-os ao seu favor.

Por exemplo, se um produto está vendendo bem online em uma determinada localização, esta informação pode ser enviada para a área de produtos e marketing. Como isso, a empresa pode garantir o estoque deste determinado produto, tanto da loja virtual, quanto na loja física (Caso exista nas proximidades). Enquanto isso, a área de marketing digital pode comunicar sobre o produto para outros daquela mesma região, gerando mais interesse por aquele item tão popular.

Proporcionar uma experiência de marca consistente
Pesquisas mostram que o “webrooming” (Quando clientes pesquisam online, mas compram em lojas físicas) vem ganhando cada vez mais popularidade entre os consumidores. Um estudo do “eMarketer” confirmou que 78% dos compradores online utilizaram a prática do “webrooming” nos últimos 12 meses.

Isso significa que os varejistas precisam ter certeza que a experiência com sua marca nos diferentes canais, web, mobile e nas lojas físicas está homogênea (Omni-channel). Se qualquer um destes canais falhar em proporcionar as necessidades e expectativas dos consumidores, haverão grandes chances do cliente não comprar.

Como resultado, varejistas experientes vão trabalhar para integrar suas plataformas de e-commerce e sistemas de ponto de venda físico para trazer o mundo online e off-line mais próximos.

Conectando o histórico de compras nos pontos de venda e personalizando todas as mensagens para os clientes, varejistas podem trazer informações consistentes através dos canais, bem como dados precisos e preciosos acessíveis por todas as lojas.

Apenas oferecendo para o cliente a opção de entrega no da seguinte, coleta em loja física e opções de rastreamento, já criamos um relacionamento com todos aqueles que não gostam de ir a lojas físicas, os que nunca compram online e todos entre estes dois perfis.

Além disso, é importante trazer nos canais mobile, conteúdo relevante para engajar o consumidor com a marca (One-on-one).

Compras através de dispositivos móveis (Mobile): Qualquer momento em qualquer lugar
Smartphones realmente mudaram nossas vidas! Até 2017, pesquisas mostram que mais de 3 bilhões de pessoas possuirão um. Conectar com os consumidores a qualquer momento e em qualquer lugar é uma oportunidade para os varejistas se tornarem maiores marcas e ainda mais criativos com as campanhas de marketing.

Em particular, o mobile e a publicidade social são áreas chave para permitir que as marcas alcancem seus consumidores no momento certo. Por exemplo, um cliente pode rapidamente entrar em seu computador no escritório, “logar” em um website, buscar por algum produto ou serviço, colocar no carrinho, mas não comprar.

É possível continuar de olho neste cliente, para assim que ele usar seu smartphone durante o caminho para casa, possa atingi-lo com algum anúncio (re-marketing), lembrando-o do produto, convencendo-o a voltar ao site e comprar.

Como já falado acima, o varejo está em constante mudança, e para que o varejista continue crescendo de forma sadia, será necessário criar formas personalizadas de experiências “omni-channel”, uma vez que provado que relevante durante o ciclo de vida de uma compra.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

One Comentários

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25