4 dicas do Instagram para promover seu negócio na rede

em abr 11, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Por Valdir Ribeiro Jr

O Brasil é o segundo país no mundo com mais usuários na rede social — atrás apenas dos Estados Unidos — e, em média, as pessoas passam 21 minutos todos os dias noaplicativo. “Como o Instagram não precisa de nenhum investimento, só de um celular e criatividade, ele acaba sendo uma boa forma de divulgar um negócio na internet”, diz Amanda Kelso, diretora global de Comunidade do Instagram.

Muitos empreendedores se perguntam como podem usar o Instagram para divulgar sua marca e ganhar dinheiro. Veja abaixo quatro dicas dadas por Amanda para os empreendedores interessados na rede social.

1. Pense na imagem

Lojas de roupas, joias, carros e artigos esportivos são alguns exemplos de produtos capazes de render boas fotos sem muito esforço. Antes de começar, é preciso pensar na imagem. Se você estiver com dificuldades em produzi, é interessante tirar fotos dos bastidores do negócio. Um exemplo, segundo Amanda, é a conta da empreendedora@sarahchofakian, designer de sapatos que, além de publicar imagens das suas coleções, também tira fotos de como os sapatos são feitos.

Outra opção é ligar o produto que será mostrado a temas que já fazem sucesso na internet, como filhotes de cachorro. “Mesmo se seu negócio for pequeno e não tiver nada a ver com animais, recomendo produzir algumas fotos com cachorros. Eles têm ótimo resultados no Instagram”, diz.

2. Conheça a concorrência

Assim como é preciso monitorar o preço dos concorrentes, também é indicado que o empreendedor os acompanhe nas redes sociais. É importante ser autêntico e trabalhar divulgando imagens que ama, sem perder a sua originalidade. “Eu sempre encorajo os empreendedores a utilizarem o perfil dos seus negócios no Instagram como se fosse uma conta pessoal, com hashtags e marcações de localização. Isso ajuda a ser mais original”, diz.

3. Frequência de postagens

Segundo Amanda, não existe uma frequência exata de postagens que pode ser seguida. Alguns negócios podem funcionar com uma foto diária, e outros com várias imagens no mesmo dia.

“Existem alguns casos, como as lojas de roupas, que postam várias fotos em um dia, pois precisam mostrar um grande número de peças novas. Para elas funciona, mas não é uma regra. O mais importante é se preocupar em manter o perfil ativo, para que ele não pareça abandonado”, diz.

4. Responda os comentários

Amanda chama atenção para a importância do empreendedor responder aos comentários que recebe em suas fotos. “É claro que não é necessário ficar respondendo tudo, mas é preciso garantir que as pessoas saibam que, ao comentar em uma foto, poderão receber uma resposta. Essa interação é muito importante na rede social”, diz.

Como exemplo, a diretora cita a conta do jovem ilusionista @zachking, que faz vídeos com truques de edição e, sempre que publica um novo vídeo, fica ativo 45 minutos respondendo todos os comentários que aparecem.

5. Hyperlinks

O Instagram não dá suporte a links colocados nas legendas das fotos, o que dificulta a conversão de usuários em clientes já que impede que os usuários saiam da rede para navegar em outras páginas. Infelizmente, isso não deve mudar tão cedo. Questionada sobre a possibilidade da rede social adicionar suporte a hyperlinks, Amanda afirma que muitos usuários já solicitaram essa mudança e que ela está na lista de melhorias a serem feitas, mas não é uma das prioridades. Hoje, essa funcionalidade só está disponível para quem paga por anúncios na rede.

Os botões de ação que são adicionados nos anúncios pagos podem conter qualquer tipo de ação que o empreendedor queira, como ser um botão de acesso a uma loja virtual ou até mesmo para instalar um aplicativo. Os anúncios patrocinados de marcas e produtos chegaram ao Instagram em abril de 2015 e, desde de setembro do mesmo ano, qualquer pessoa pode contratar o serviço.

Fonte: Pequenas Empresas e Grandes Negócios

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário