5 melhores livros sobre e-commerce

em dez 01, 2014:por

Dante Lima

Formado em Administração de Empresa pela FAAP e com Pós Graduação em finanças pela Insper – SP. Professor de e-commerce na Internet Innovation. Sócio da enextgroup, responsável pela Uber Digital. Tem histórico de clientes como: Arezzo/Schutz, Telhanorte, RaiaDrogasil, Gallerist, LelisBanc, Enjoei, Mash, Meu Amigo Pet, entre diversos outros.
Views1.607
leitura-sucesso

Vi um artigo na Time (http://time.com/3329687/5-books-change-life/) hoje sobre os cinco livros

que podem mudar sua vida. Me inspirei e resolvi escrever esse artigo, seguindo a mesma
abordagem, para os cinco livros de negócios digitais que mudaram meu jeito de pensar.

Jeff-Bezos

1. A loja de tudo: Jeff Bezos e a história da Amazon – Brad Stone
Esse livro conta a história de Jeff Bezos, desde sua infância como garoto prodígio, até os dias atuais, como gestor focadíssimo e com uma visão gigante, ao longo do trajeto, conta desde a idealização da Amazon até como ela se tornou o maior e-commerce do mundo.

O que aprendi:

Jeff Bezos é um gênio – é incrível o jeito que ele pensa em longo prazo, o jeito que consegue construir o crescimento no negócio, criar uma cultura de melhoria, foco no cliente. A visão de que o negócio está só começando todo dia é muito cativante. Assim ele consegue provar para os investidores que não tem porque o negócio focar em dar lucro agora, no curtíssimo prazo, pois está construindo um alicerce para crescimento sustentável muito maior. É uma visão de 10, 15, 20 anos! Eu acredito nisso, o negócio de e-commerce (assim como a própria internet) estão só engatinhando…

Criação de cultura – Jeff se apoia em grandes mestres do Varejo com Sam Walton, fundador do Walmart, maior empregador do mundo, e uma história incrível de varejo e James Sinegal, fundador do Costo, uma espécie de “atacarejo” monstruosa americana. Ele mostra como aprendeu e aplicou os conceitos de Frugality (economia) e Fidelização (membership card).

Ser pureplay envolve ter um custo baixíssimo para operar, e recorrência é chave. Amazon Prime nasceu dessa ideia de membership card após a conversa com James Sinegal.

Jeff tem como principal missão ser a empresa mais focada no consumidor do mundo. Essa frase por si só já mostra a preocupação que um e-commerce tem que ter com seus clientes.

Teste TUDO - O negócio é incrivelmente data-driven. Ninguém tem certeza de nada, antes que testem. Lá é um laboratório em constante mutação.

Mate seu próprio negócio – Jeff Bezos certo dia chamou o diretor da categoria de livros, que era um jovem brilhante, e deu a seguinte missão: criar um leitor de e-book e, no longo prazo, destruiur a categoria de livros físicos.

Quem tem um Kindle sabe o tanto que o produto é incrível, eu também compartilho dessa visão de que os livros físicos um dia virarão relíquias no museu.
A ideia é clara: reinvente-se!!!

AWS – A Amazon Web Services, que é a estrutura da Amazon de computação em nuvem também é um conceito muito interessante. Jeff viu que no core business da Amazon havia uma competência gigante em tecnologia de ponta que poderia ser vendida como um serviço. Uniu isso com sua visão gigante e criou a AWS.

Um dos drivers do planejamento foi: criar uma plataforma que permita que o inimaginável possa ser criado!
Várias empresas digitais como Netflix, AirBnb, Expedia, Pinterest nasceram utilizando AWS, aqui tem uma lista de vários outros cases.

Confira o livro

delivering happiness

2. Satisfação Garantida– Tony Hsieh
Satisfação Garantida é o livro do CEO da Zappos, Tony Hsieh. A Zappos é o maior e-commerce norte americano focado em calçados. O livro conta a história de vida de Tony, a criação da Zappos e sua incrível cultura.

O que aprendi:

Cultura – Tony pautou a cultura do negócio com alguns valores muito claros, que você pode ver aqui.

O primeiro é Deliverying WOW through services – que numa tradução livre significa encantar com a prestação de serviços. TODOS os novos funcionários da empresa passam os primeiros meses na Zappos na área de atendimento ao cliente.

Felicidade – muita gente (eu me incluo) passa mais tempo na empresa trabalhando do que em casa com a família, por exemplo. Juntar trabalho e diversão é fundamental. A Zappos faz isso muito bem.

Criação de valor – a Amazon comprou a Zappos por 850 milhões de dólares. Nesse artigo você pode entender o tanto que uma empresa com a cultura digital forte, consegue gerar valor percebido gigante.

Confira o livro

dnado inovador

3. DNA do Inovador – Christensen, Clayton M.Dyer, JeffGregersen, Hal B.
Os autores entrevistaram os principais líderes inovadores do mundo, incluindo Apple, Google, Amazon, Skype, eBay, Paypal para identificar quais traços tem em comum.

O que aprendi:
Aprender a Inovar – Fazer negócio digital envolve muita inovação. Conhecer o que faz um ser humano inovador é importantíssimo para se aperfeiçoar e tentar construir negócios de ruptura. No livro, os autores citam que dominando certas competências, é possível se transformar num inovador.

Abaixo um chart com modelo mental de geração de ideias:

modelo-de-dna

Curiosidade – os CEO’s das empresas mais inovadoras tem um perfil muito mais de questionar, de observar e ter uma curiosidade natural. Se aperfeiçoar nisso é vital para trazer inovação. Questione tudo, tente mudar o status quo.

Complementariedade – procure pessoas com perfil complementar. Nem todos os sócios e funcionários precisam ser questionadores, máquinas para execução ou hiper-controlados. A chave é ter uma combinação com esses perfis funcionando. Esse mix de competência de descoberta e inovação é o que faz as empresas realmente tirarem grande ideias do papel.

ciclo-de-vida

Confira o livro

de zero a um
4. De Zero a Um – Peter Thiel
Esse é um recente livro lançado por Peter Thiel, fundador do Paypal. O livro é um resumo de algumas apresentações que Peter fez na faculdade de Stanford, mostrando para os alunos algumas ideias para trazer inovação ao negócio.

O que aprendi:

1 a n ou Zero a 1 – Peter fala que há só dois tipos de negócio, aqueles que vão de 1 a n, ou seja, já existem e são aperfeiçoados, ou algo totalmente novo, que vai de zero a 1.
Copiar e aperfeçoar o que já foi feito não vai mudar o jogo. O que vai trazer realmente progresso é crair verticais totalmente novas.

grafico

Monopólios são bons – a gente aprende sempre que monopólios são ruins para o mercado, e isso é verdade, mas para as empresas monopolistas, os monopólios são incríveis. Monopolizar nada mais é do que ser o único a ofertar produto ou serviço em dado mercado. Se você é diferente e inovador, está sempre na dianteira, está criando um monopólio.

O principal monopólio hoje no mudo digital é o Google. É simplesmente imbatível para busca e gera rios de dinheiro (pois cobra quanto quer). Se você quer ter um negócio amplamente lucrativo, crie seu monopólio.
Mercados competitivos destroem os lucros. Diferencie-se!

Confira o livro

estou com sorte

5. Estou com Sorte – Douglas Edwards
Esse livro não é sobre e-commerce, mas conta a história de Douglas Edwards, o funcionário número 59 do Google. Ele fala como era o dia a dia no começo da empresa, como eles construiram a principal ferramenta de busca do mundo e como a cultura do negócio foi se transformando no que é hoje.

O que aprendi:

Acompanhe sempre o Google – O Google é a principal empresa do mundo na minha opinião por um simples motivo, o objetivo deles é centralizar toda a informação do mundo. Você precisa de uma informação, você vai ao Google.

Precisa comparar um produto? Google. Precisa encontrar um restaurante? Google. O que dar de presente para namorada? Google. Tudo está lá. Pense em posicionar seu negócio lá sempre.

Confira o livro

E você? Qual seu livro predileto de e-commerce?

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
MAI 22