96% dos brasileiros valorizam seus dados em suas contas online

em ago 21, 2017:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
seguranca digital

A maioria dos internautas tem inúmeras contas online, e sem mesmo perceber isso espalham nossas informações pessoais por toda a internet. Uma pesquisa da Avast mostrou como as pessoas não apenas valorizam as informações que armazenam em suas contas online, mas como elas protegem suas informações para evitar que caiam nas mãos erradas.

O e-mail é a conta mais importante, mas as contas de compras online são as mais valorizadas

Os resultados revelam que o e-mail ainda é o serviço online mais usado no Brasil, seguido pelo Facebook. Não apenas o e-mail é o serviço online mais usado no Brasil, mas também é o mais importante para quase metade dos brasileiros.

96% dos brasileiros alegam valorizar os dados em suas contas online

Aqui está um resumo das contas que os brasileiros dizem valer R$ 350 ou mais:

· 48,8% Contas de comércio eletrônico

· 44,6% WhatsApp ou outro serviço de mensagem

· 43,3% Dropbox ou outra conta de armazenamento na nuvem

· 41,4% LinkedIn

· 39,7% Facebook

· 38% Twitter

· 35,6% E-mail

· 30,2% Snapchat

Além do fato de o e-mail ser o mais usado e a conta online ser a mais importante para os brasileiros, as pessoas valorizam mais as informações armazenadas em suas contas de compras online.

Os dados que você mais valoriza podem estar sujeitos a roubo

Enquanto a maioria  tem a sensação de que as informações armazenadas em contas são valiosas, os criminosos cibernéticos não parecem concordar.

Os criminosos cibernéticos adquirem as informações de conta, incluindo nomes de usuário, senhas e informações de cartão de crédito através de violações de segurança e vendem estes dados na darknet por R$ 7 ou menos, dependendo da taxa de câmbio do Bitcoin.

Como grandes serviços como Yahoo e LinkedIn já foram violados e vazamentos de dados apareceram online, não é de se surpreender que três a cada cinco brasileiros (61%) não estejam confiantes de que seus dados pessoais estão seguros.

Dezessete por cento dos entrevistados disseram que foram afetados por uma violação de dados e outros 23,9% dos brasileiros disseram que não têm certeza de que seus dados estavam incluídos em uma violação.

Mais ação necessária para proteger contas

Aproximadamente metade dos brasileiros (45,9%) nunca mudam suas senhas após serem informados de uma violação de dados. E entre os que fazem algo, 68,4% mudam as senhas do site invadido mas não as de outros websites.

Isto é alarmante, já que os criminosos cibernéticos usam frequentemente as credenciais obtidas a partir de uma violação de dados para acessar outras contas dos usuários, contando com a possibilidade de que elas estejam protegidas pela mesma senha.

As bases de dados com dados roubados aparecem frequentemente na darknet anos após uma violação ter acontecido, para outros criminosos cibernéticos comprarem e abusarem. É por isso que é crucial que você mude suas senhas regularmente e não espere até que um vazamento de dados seja detectado para depois mudá-las.

Serviços de boa qualidade codificam suas senhas de cliente, ou seja, nas bases de dados vazadas aparecem versões criptografadas de senhas, ao invés de versões de senhas inalteradas. Esta é uma boa maneira de proteger os clientes.

No entanto, como consumidores, somos responsáveis pela segurança das nossas contas e dos dados que nós mantemos nelas. Se uma senha é simples e, por exemplo, apenas contém letras e nenhum caractere especial ou números, os hackers podem facilmente adivinhá-la. Listas das senhas mais frequentemente usadas existem para que os hackers possam usar para invadir uma conta.

Gerenciadores de senhas são ferramentas úteis que você pode usar para gerar senhas fortes e únicas para todas as suas contas, e mudá-las facilmente com regularidade. Infelizmente, apenas 3% dos brasileiros entrevistados usam um gerenciador de senhas para proteger suas contas.

Fonte: Ecommerce Brasil

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25