A importância do planejamento para empreender

em ago 02, 2016:por

Marcello Canabal

Marcello é o head de Consultoria da Enext, focando no planejamento e desenvolvimento de negócios eletrônicos. Formado em Administração de Empresas pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, e Mestre em Finanças Quantitativas pela Westminster University (UK)
Views129
Artigo  contéudo4

O e-commerce tem sido visto como uma excelente alternativa para se vender produtos e serviços de uma maneira simples e direta, atingindo um público consumidor cada vez maior. A razão para esta nova onda de empreendedorismo na internet deve-se principalmente aos impressionantes números do e-commerce brasileiro. Com um total de 106,5 milhões de pedidos, o faturamento do e-commerce brasileiro foi de R$41,4 bilhões em 2015, representando um aumento de 15% em relação ao ano anterior. Para 2016 a expectativa é que o faturamento cresça 8%, se aproximando da marca de R$45 bilhões.

Estes números mostram o imenso potencial do e-commerce brasileiro que, mesmo durante a pior crise econômica que o país já passou, consegue manter altas taxas de crescimento, oferecendo excelentes oportunidades nos mais variados segmentos. Porém, para se ter sucesso no cada vez mais concorrido segmento de comércio eletrônico as empresas devem se destacar das demais, oferecendo soluções inovadoras que atendam as necessidades ou gostos de seu público alvo. O e-commerce está cada vez mais maduro, e novas ideias surgem a cada dia. Mas o que faz uma ideia de negócio triunfar enquanto outras não conseguem decolar?

Da mesma maneira que a internet possibilita atingir uma quantidade enorme de consumidores, estes consumidores também têm acesso a uma infinidade de alternativas, e a comparação entre elas tem sido cada vez mais transparente. Deste modo, o consumidor consegue tomar decisões assertivas com base na comparação entre as ofertas, e descartam automaticamente aquelas opções que agregam menos valor. Muitas das ideias de negócio que não conseguiram decolar falharam em agregar valor a sua oferta, seja por não entender o que seu público alvo buscava, ou por não saber definir um público alvo.

Não existe uma receita infalível para o sucesso, mas sem dúvida não há sucesso sem planejamento. Um bom planejamento não deve começar com uma ideia totalmente estruturada e engessada, mas sim com uma ideia geral de oferta e público alvo desejado. Com esta ideia geral em mente, a primeira coisa a se fazer é estudar o mercado, entender quem são seus concorrentes ou potenciais concorrentes, e se existem claras oportunidades de diferenciação. Esta análise ajuda a refinar a ideia original, entendendo a fundo o que a concorrência está fazendo para tirar proveito de brechas no mercado. A vantagem de não ter uma ideia inicial engessada é que existe a possibilidade de adaptar esta ideia as brechas encontradas no mercado através da análise mercadológica. Uma ferramenta que ajuda a avaliar o posicionamento e a força de uma ideia é preparar uma análise SWOT que avalia forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do negócio. A análise SWOT é uma forma clara de avaliar como o posicionamento pode ser otimizado e quais pontos críticos devemos prestar atenção. Uma vez estudada a concorrência e definido melhor o posicionamento desejado, deve-se estruturar conceitualmente a proposta de negócio.

São inúmeros os modelos de negócio possíveis tanto para um e-commerce quanto para um marketplace. Por isso, é muito importante definir um roadmap geral para o negócio, sabendo onde ele se inicia e onde se quer chegar, para conseguir definir os fornecedores de tecnologia que melhor atendam as necessidades. Um erro comum que costuma custar caro é o de escolher os fornecedores exlusivamente pelo preço, sem prestar atenção nas funcionalidades e limitações desta escolha. A escolha mais crítica é a da plataforma, e ela deve atender a todas as etapas do roadmap. Por exemplo, uma empresa que inicia suas atividades com um e-commerce, mas pretende se tornar um marketplace no futuro deve manter isto em mente e escolher uma plataforma que possibilite esta mudança. Para fazer esta escolha de maneira assertiva, o empreendedor deve estruturar conceitualmente sua ideia, definindo o modelo de oferta, público alvo e evolução projetada para o modelo de negócio. Assim, é possível definir claramente todos os requisitos e possibilidades que a plataforma deve oferecer, e só então buscar opções que atendam estas necessidades.

Por fim, feita a estruturação conceitual do negócio devemos avaliar a viabilidade financeira da ideia. Uma boa ideia só é útil se conseguirmos colocá-la em prática, e o objetivo da análise financeira é entender o quanto será necessário investir para transformar uma ideia em um negócio de sucesso. A análise financeira deve ser criteriosa, considerando os mínimos custos fixos e variáveis da operação, além do investimento pré-operacional necessário. As projeções financeiras ajudam a entender a necessidade de investimento e de capital de giro para operacionalizar a ideia. Muitos empreendedores falham nesta etapa e enfrentam sérios problemas no decorrer do tempo principalmente por falta de capital de giro para manutenção da operação.

Este é o caminho simplificado de um planejamento. Estas etapas ajudam a criar uma ideia mais sólida, com maior probabilidade de sucesso. Dizemos probabilidade pois, como ressaltado anteriormente, não existe receita pronta para o sucesso. O planejamento apenas ajuda a trilhar um caminho mais consciente, evitando ao máximo os erros e minimizando os riscos, mas nunca garante o sucesso. O sucesso de um comércio eletrônico, assim como de qualquer outro empreendimento online ou offline, depende além do planejamento de muito empenho, persistência e recursos. O empreendedor deve estar preparado para se doar para o negócio e ter plena consciência que no início nada será fácil, mas que com planejamento e dedicação o sucesso é muito possível.

veja também:

Não há outros artigos postados por esse autor

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
MAI 22