Ações do Alibaba caem 14% após divulgação de resultados

em jan 30, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

A Holding Alibaba Group LTDA não conseguiu atingir as estimativas de receita para o último trimestre do ano. Com as investidas do gigante para o mobile e suas vendas aumentando as ações caíram em mais de 14%.

A Receita no último trimestre de 2014 foi de 26,2bi de iuanes, equivalente a US$4,2bi. Os analistas estimavam uma cifra um pouco maior, com uma média de 27,6bi de iuanes 25 analistas esperavam um resultado mais pretensioso. As propagandas no segmento mobile acabou por gerar menos receita do que o esperado, juntamente com um crescimento menos forte da plataforma TMall, foram os argumentos da empresa para explicar o déficit entre estimativa e real.

Jack Ma já está investindo em aplicativos mobile e promovendo as plataformas do Alibaba para aumentar seu público de lojistas para mais de 10 milhões de pequenas empresas fora da China. Após a IPO de setembro e um recorde de vendas por dia durante o “Dia dos Solteiros” (US$9,4bi), a empresa está com o desafio de crescer diante de uma economia em desaceleração de crescimento e diversas críticas sobre a fiscalização e controle de qualidade dos produtos ofertados pelo site.

“O aumento na receita foi muito menor do que o esperado,” – Diz You Na, um analista da ICBC Internationcal Research de Hong Kong. “Quando mais lojistas começam a utilizar a publicidade mobile, o crescimento da receita diminui, uma vez que tanto os espaços quanto os valores são menores do que no desktop.”

As ações do Alibaba caíram quase 15% desde segunda-feira (26) até quinta-feira (29) na NYSE. Em sua IPO, que aconteceu em setembro, as ações foram vendidas a US$68, hoje elas já valorizaram mais de 40%, valendo US$97 dia 28/01/2015.

<a href=”https://www.internetretailer.com”>Com informações da IR</a>

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25