Best Buy passa concorrentes e ganha impulso nos EUA

em ago 29, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
Artigo  contéudo41

Best Buy BBY -0.18%, está prosperando numa das categorias mais difíceis de consumo, os eletrônicos. A empresa está mais do que antecipada nas vendas no segundo trimestre de 2016 e seu relatório de lucros reflete seu foco em controlar o que não pode ser controlado. O marketing agressivo também faz a diferença. A empresa está prestes a passar seus concorrentes e estabelecer a liderança em produtos de saúde e wearables, home theater, eletrodomésticos e computadores.  Apenas os telefones celulares e os games diminuíram no trimestre.

A Best Buy divulgou um relatório comparativo de vendas de suas lojas com um crescimento de 0,8% depois de relatar um aumento de 3,8% no mesmo trimestre do ano anterior. Seus principais concorrentes, como a Target TGT -0.79% e a Sears reportaram vendas mais fracas no trimestre. Enquanto as receitas domésticas ficaram estáveis, as vendas on-line aumentaram 23,7%. Este é um número bastante expressivo. Sem dúvida, a empresa se beneficiou de sua capacidade de entregar os principais aparelhos e televisores rapidamente pouco antes dos Jogos Olímpicos.

As promoções agressivas da Best Buy ajudaram a manter o market share enfrentando as promoções da Amazon com o Prime Day no dia 12 de Julho, quando a Amazon teve uma estimativa de $750 milhões de dólares em receita em um único dia. O destaque para o trimestre bem-sucedido é o fato de a gestão ter elevado suas estimativas de vendas domésticas para + 1% no primeiro trimestre. A expectativa é de um ligeiro aumento no ano inteiro. A introdução do novo Apple iPhone 7 em setembro e o novo telefone Samsung Galaxy North 7 são dois eventos importantes. Além disso, os possíveis debates sobre a eleição presidencial em setembro e outubro, e as eleições gerais em novembro podem impulsionar as vendas, estimulando a compra em várias categorias de mercadorias.

As receitas internacionais aumentaram 4,1%, considerando um valor constante da moeda. Mas caíram 1% devido à flutuação monetária. E esse comportamento tende a continuar pelo resto do ano. Superando os entraves da moeda, a gestão elevou as expectativas do terceiro e quarto trimestres. A previsão para o ano todo é de aumento de um dígito. Além do crescimento de vendas, a Best Buy está querendo reduzir custos e otimizar iniciativas de otimização de lucro para fechar as contas este ano.

A Best Buy destacou a conveniência para seus clientes. A empresa tem programas auxiliares como as vendas por Vending Machine e as concessões em lojas em locais-chave de tráfego, tais como terminais de ônibus, aeroportos e outros pontos de chegada. O foco centrado no cliente combinado com os sorrisos vencedores dos colaboradores vão consolidar o sucesso da Best Buy, mais uma vez.

Fonte: E-commerce Brasil

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário