Bots chegam ao Facebook Messenger e prometem revolucionar e-commerce

em abr 13, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

O Facebook anunciou, nesta terça-feira (12), a criação de uma plataforma que vai permitir a utilização de bots (robôs) no Messenger. A novidade, que já era esperada, deverá tornar o aplicativo de mensagens instantâneas extremamente útil para fazer negócios e atender consumidores com eficiência. “Nunca conheci alguém que gosta de telefonar para o SAC de uma empresa”, brincou Mark Zuckerberg, CEO da rede social. Ele falou sobre a novidade durante a F8, conferência anual do Facebook para desenvolvedores que vai até amanhã. Oferecer respostas instantâneas e total atenção são os pilares da ferramenta, que promete revolucionar o segmento de e-commerce.

E de que forma esses robôs impactariam o mercado de lojas virtuais? Acontece que a chegada dos robôs ao Facebook Messenger não se trata apenas de SAC 2.0 ou um tira-dúvidas baseado em linhas de comando. Esqueça aqueles serviços que funcionavam via SMS e se popularizaram nos anos 90, quando você digitava “Ajuda” ou “Entrar” e recebia enormes blocos de texto. A ideia é proporcionar uma experiência mais fluida, humana e natural. Inclusive capaz de enviar fotos, fazer a reserva do hotel, atualizar informações e sugerir opções de produtos.

Em uma das demonstrações exibida durante a F8, o cliente fala que quer pesquisar opções de sapatos. O robô pergunta quais tipos de sapatos e a faixa de preço. Na sequência, ele exibe um carrossel de produtos com a possibilidade do internauta comprá-los, saber mais sobre o item ou fazer uma pergunta. Ou seja, vai ficar muito mais simples fazer compras pela internet. Vale lembrar que os robôs, assim como o Instant Articles, não deixam de ser uma forma de prender a audiência no próprio Facebook. Afinal, se ele consegue atender nossas demandas, para quê o Google, não é mesmo? A lógica é essa.

O Facebook já está disponibilizando documentação necessária para que as empresas desenvolvam seus próprios bots. Eles ainda precisam ser submetidos para verificação. A companhia deve aprovar os robôs gradualmente. A precaução de Mark Zuckerberg é bem compreensível. Seria um desastre para a rede social se os novos recursos começassem a infernizar os usuários enviando SPAM.

Outro ponto que merece atenção é a possibilidade de que a liberação dos bots abra margem para um novo mercado a ser explorado por desenvolvedores, que poderão comercializar suas soluções – assim como ocorre no WordPress, onde temas e plugins premium são vendidos na internet. Entretanto, isso vai depender bastante do grau de dificuldade para se programar esses assistentes virtuais.

Atualmente, cerca de 50 milhões de páginas de negócios no Facebook enviam mais de um bilhão de mensagens por mês através do Messenger.

Fonte: Boa Informação

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário