Brasil está pronto para evoluir tecnologicamente?

em mai 13, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Em um dia histórico para o Brasil, no qual o vice-presidente Michel Temer assume o comando do País após o Senado afastar Dilma Rousseff do cargo, todos os brasileiros acordaram ontem com um espírito diferente. Uns, com otimismo, olham para o futuro crentes que dias melhores virão, outros não conseguem enxergar uma retomada da economia. Mas a pergunta que fica no ar é: Como será o Brasil daqui pra frente?

“E eu desafio vocês a pensar não só como será o País, mas a refletir se teremos capacidade de evoluir tecnologicamente e voltar ao ritmo de crescimento”, provoca o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, durante o VTEXDay, encontro do setor de Comércio Eletrônico que acontece ontem em São Paulo.

Barbosa foi convidado a palestrar sobre a mutação das instituições brasileiras diante do atual cenário e achou uma coincidência o evento ter caído no mesmo dia em que o Senado aprovou o processo de impeachment. Mesmo admitindo que Dilma Rousseff falhou, ele criticou a forma como os parlamentares conduziram o afastamento da presidente e afirmou que Michel Temer não tem legitimidade para conduzir o Brasil.

“Tenho sérias dúvidas quanto à integridade desse processo e da forma como ele foi conduzido. Como explicaremos ao mundo o que está acontecendo aqui? Qual é o tamanho do impacto desse impeachment nas nossas empresas?”, questiona. Na visão do CIO do Grupo Boticário, Nicolas Simone, que também foi palestrante no evento, o atual momento do País é de oportunidades e acredita que podemos evoluir tecnologicamente.

“Nós não paramos de investir mesmo em um cenário de instabilidade. Claro que revemos nosso planejamento, expandimos a equipe de TI e priorizamos alguns investimentos, mas estamos dando continuidade aos projetos de inovação”, aponta o CIO. Segundo ele o atual momento do Brasil exige uma mudança dos Varejistas e o Grupo Boticário está empenhado na jornada da transformação digital, com foco em atuação omnichannel.

“Estamos unificando todos os sistemas para tratar o cliente de maneira única, independente do canal físico ou online. Desde janeiro deste ano, contamos com uma nova tecnologia de comércio eletrônico e que nos ajuda a olhar todo nosso ecossistema, da produção à venda na ponta”, conta Simone.

O CIO acrescenta que não se intimida com a crise e está vivendo um momento de transformação da equipe de TI, aquela focada nos negócios, mais flexível e com entrega de valor. “Além disso, estamos fazendo projetos pilotos em algumas lojas e usamos o conceito de startups, testando modelos e formas de ganhar mais eficiência operacional e atendimento diferenciado para nossos clientes”, completa o executivo.

Fonte: Decision Report (Por: Léia Machado)

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário