Cenário recessivo faz consumidor economizar no natal e poupar em 2016

em dez 22, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

A TNS Brasil divulga os resultados do estudo anual de natal que revela o potencial de consumo nesta época do ano bem como as expectativas para 2016.

Para o próximo ano, o desejo dos entrevistados concentra-se em metas financeiras, entre as quais: aumentar a renda (73%), guardar dinheiro (63%) e comprar/ trocar a casa (46%). Questões de saúde e desenvolvimento pessoal também entraram na lista.

A justificativa dos números se dá principalmente pela queda do otimismo em relação ao futuro que reduziu 19% este ano saindo de 37% em 2014 para 18% em 2015. Enquanto 75% pretendiam economizar mais em 2014, o número saltou para 84% em 2015. O brasileiro também está alerta em relação aos seus propósitos econômicos: 66% estão preocupados, 11% pessimistas, 6% resignados e apenas 18% estão otimistas.

Os dados apontam que os entrevistados estão conscientes quanto a necessidade de reduzir seus gastos e isso acontece, inclusive em decorrência das festas de fim de ano. A maioria estará à procura de promoções e descontos, sendo que 69% pretendem fazer uma pesquisa pré-compra no site das marcas. Outros meios utilizados para pesquisa são anúncio de loja e redes sociais.

O estudo ainda aponta que os itens que sofrerão redução de gastos serão doações (41%), bebidas alcoólicas (40%) e viagens (39%) sendo cachaça e cerveja as únicas bebidas citadas com previsão de aumento no consumo na época, se comparadas a 2014.

O que os brasileiros vão dar de presente
Dentre os mimos mais populares estão roupas ou sapatos (57%), brinquedos (44%) e perfumes com 33%. Três em cada dez brasileiros darão de presente um produto tecnológico (celulares, eletrodomésticos, câmeras, laptops, vídeo games etc). Os produtos vão ser comprados em loja de departamentos (70%), seguido de internet (44%) e lojas especializadas (32%). As mães continuam sendo as mais presenteadas independente da idade com 61%; parceiros 52% e outro membro da família 52%.

Embora o público feminino represente o maior tíquete médio das compras de natal, com R$ 1540,00 versus R$ 864,00 dos homens, o gasto médio total (homens e mulheres) caiu comparado ao ano anterior, registrado em R$ 1680,00. Em 2015, o tíquete médio previsto será de R$ 1.243,00. A redução representa 25% no que planejam investir em presentes este ano comparado a 2014. Para efetuar o pagamento 53% preferem dinheiro, 31% crédito e 15% débito. Em relação ao destino do décimo terceiro, presentes, roupas, calçados e pagamento de dívidas serão as principais prioridades neste final de ano.

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25