Cnova Brasil vendeu €563 mi no 4º tri

em jan 29, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

As vendas líquidas da Cnova Brasil registraram um aumento de 24,1% no quarto trimestre de 2014, para 563 milhões de euros, na comparação com o mesmo período de 2013.

Os dados constam do demonstrativo do trimestre e do ano fiscal de 2014 da empresa de comércio eletrônico do Grupo Casino, que atua na França, Colômbia, no Equador, na Tailândia, no Vietnã, na Costa do Marfim, no Senegal e na Bélgica, além do Brasil, onde opera os sites Extra.com.br, Pontofrio.com e Casasbahia.com.br.

A valorização de 2,6% do euro em relação ao real impactou negativamente as vendas líquidas da companhia, diz o documento. No critério de moeda constante, o crescimento das vendas líquidas da Cnova Brasil no período foi de 28,6%.

A companhia destaca que o site Extra.com foi o que mais cresceu no quarto trimestre. Também o relatório aponta que a principal categoria de produtos comercializados por vendas diretas foi a de aparelhos eletrônicos, como tablets e smartphones, lembrando que atingiu o pico na Black Friday, em novembro.

Globalmente, as vendas líquidas no quarto trimestre consolidadas somaram 1,099 de euros, aumento de 19,7% sobre igual intervalo de 2013. No ano de 2014 cresceram 19,8%, para 3,474 bilhões de euros.

Em todos os países em que atua, a venda bruta de mercadorias próprias, outras receitas e vendas feitas nas plataformas de marketplace, após devoluções, incluindo impostos, indicador denominado GMV (gross merchandise volume), apresentou alta de 28,6%, para 1,472 bilhão de euros sobre o quarto trimestre de 2013. No ano de 2014, o GMV cresceu 26,6%, para 4,516 bilhões de euros.

O GMV da Cnova Brasil no quarto trimestre atingiu 681 milhões de euros, 31,7% maior que em igual intervalo de 2013. No acumulado do ano, foi a 2,204 bilhões de euros, 32,3% acima de 2013.

A Cnova globalmente registrou lucro líquido no quarto trimestre de 787 mil euros, 94% menor que no mesmo período de 2013. No ano, fechou em prejuízo líquido de 54,4 milhões de euros, 136% maior que o de 23 milhões de euros em 2013.

No critério ajustado, o lucro líquido ajustado do quarto trimestre foi de 13,8 milhões de euros, 32,6% maior que no quarto trimestre de 2013, e no acumulado do ano, o prejuízo líquido ajustado cresceu 11,8%, para 29,9 milhões de euros.

O Ebitda ajustado teve alta de 19,5% no trimestre, para 42 milhões de euros sobre o quarto trimestre de 2013, enquanto no exercício de 2014 apresentou aumento de 28,0%, para 65 milhões de euros.

POR EXAME

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25