Comércio eletrônico B2C mundial atingirá US$1,5 tri em 2014

em fev 04, 2014:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
Views167
cas

De acordo com as últimas previsões do eMarketer, as vendas do e-commerce b2c crescerá em 20,1% esse ano e chegará a notável 1,5 trilhões de dólares. O crescimento terá origem principalmente da rápida expansão de usuários mobile e digitais dos mercados emergentes: aumento no m-commerce (comércio eletrônico através de aparelhos móveis); avanços em opções de entrega e meios de pagamento; e a entrada de grandes marcas em novos mercados internacionais serão os fatores principais do crescimento.

Em 2014, pela primeira vez na história, os consumidores asiáticos gastarão mais em compras pela internet do que os norte americanos, tornando-se o maior mercado de e-commerce do mundo. Somente esse ano, estima-se que o e-commerce B2C chegará à US$525,2 bilhões na região, seguida pelos US$482,6 bi da América do Norte.

A China receberá 6 de cada 10 dólares gastos com e-commerce na região asiática-pacífica em 2014 e aproximadamente ¾ dos gastos da região em 2017. O mercado de e-commerce do país perde somente para o dos EUA, porém não é esperado que essa situação vigorará por muito tempo. Em meados de 2016 a China chegará ao primeiro lugar em quesito gastos, ganhos massivos chineses, assim como da Índia e Indonésia irão empurrar o crescimento da região.

Esses países, juntamente com a Argentina, México, Brasil, Rússia, Itália e Canadá serão os cabeças do crescimento do comércio eletrônico mundial. Os outros países na tabela já têm seu mercado eletrônico beirando a maturidade.

A força das vendas nos mercados emergentes é fortemente pautada pelas suas grandes populações entrando no mundo web e comprando digitalmente pela primeira vez. A região asiática reterá mais de 46% dos e-consumidores do mundo em 2014, embora esses usuários contabilizam somente 16,9% da população bruta da mesma região. A penetração também será baixa na Europa Oriental e Central, América Latina, Oriente Médio e África. Por ora, a América do Norte e a Europa Ocidental são as únicas regiões com a maioria dos residentes comprando via meios digitais.

Fonte: eMarketer

A eMarketer baseia todas suas previsões em uma aproximação que leva em conta diferentes aspectos, elementos e direções que tem como foco tanto tendências regionais quanto mundiais de economia, tecnologia e populacional. Tendências de produtos, empresas, demográficas, comportamentais também são levadas em conta.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25