Comércio eletrônico no Brasil deve crescer 60% com a Black Friday 2013

em nov 08, 2013:por

Anna Wagner

Cursa Publicidade e Propaganda na Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado. Atua desde 2012 na área de marketing, trabalhando com Startups na área de e-commerce e e-service. Atualmente é responsável pelo marketing na eNext Consultoria em E-commerce.
0e09527b0f5edaa60cf5702119e6a0a2_XL

Faturamento do setor deve ser de R$ 390 milhões, no próximo dia 29

Black-Friday-ecommerce

A Black Friday, que ocorre no próximo dia 29 de novembro, deve movimentar 390 milhões de reais para o e-commerce – um crescimento nominal de 60% em relação ao ano anterior, quando o evento foi responsável por um faturamento de 243,8 milhões de reais. A previsão é da consultoria E-bit.

Para a edição de 2013, a previsão é de que um milhão de pedidos sejam feitos online e o tíquete médio das compras fique em 390 reais.

As categorias de maior valor agregado, como “Informática”, “Eletrônicos” e “Eletrodomésticos”, devem ser as mais vendidas, em virtude dos descontos que podem chegar a até 70%. Outras categorias como “Moda & Acessórios” e “Telefonia/Celulares” também deverão entrar na lista dos mais procurados neste ano.

De acordo com Pedro Guasti, diretor geral da E-bit, o momento é propício para os consumidores fecharem bons negócios. O setor vem se preparando para esse dia, reforçando suas operações e negociando boas condições com os fabricantes, mas é necessário atenção.

“O e-consumidor já está mais amadurecido em relação à Black Friday, mas vale ressaltar que, em qualquer ocasião, é preciso sempre ter cautela ao realizar uma compra online. Verificar se a loja é idônea e estar ciente das condições de compra e entrega. Dessa forma, o consumidor vai poder aproveitar as ofertas, com tranquilidade e segurança”, conclui.

Vale lembrar que, no ano passado, muitas empresas se aproveitaram da data para enganar consumidores e “maquiar” preços. Algumas delas chegaram até a serem notificadas pelo Procon por tal prática – entre elas, conhecidas pelo grande público, como Extra, Ponto Frio, Submarino, Americanas.com, Wal-Mart, Saraiva e Fast Shop.

Fonte: IDG Now!

veja também:

m-commerce

Como o e-commerce deve se preparar para vender via dispositivos móveis

*Por Leandro Ginane Uma pesquisa da Return Path aponta que CONTINUAR LENDO…

ecommerce-tag-page

Satisfação no e-commerce está ligada à entrega do produto

As empresas que vendem produtos na internet precisam estar atentas CONTINUAR LENDO…

relc3b3gio

Como a sensação de urgência pode ajudar o seu E-commerce?

Os sites de E-commerce podem utilizar a sensação de urgência CONTINUAR LENDO…

calendario

Como manter os preços competitivos durante as datas sazonais

Por Roberto Assef* Datas comemorativas  são extremamente importantes para as CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25