Como aproveitar a evolução digital para melhorar a receita do seu e-commerce

em mai 18, 2015:por

João Parente

Formado em Publicidade e Propaganda, especializado em gestão de projetos. Trabalhou em grandes agências digitais, como F.biz e TV1.com, e na multinacional Liberty Seguros. Atualmente Sócio da eNext, PMO e responsável por gestão de projetos e performance. Tem histórico de clientes como: Karsten, 3 Corações, Grupo Bandeirantes, Microsoft, Guaraná Antártica, Grupo Pão de Açúcar, 3M, Petrobras, Boticário, Volkswagen, Semp Toshiba, Gerdau, Unilever, e Netshoes.
Views109
omni-channel

A evolução do comércio eletrônico gerou uma experiência muito eficiente e agradável para os usuários comprarem online, agora o comércio físico está tentando fazer a mesma coisa, trazendo a experiência online para off-line.

“O e-commerce não é mais uma única experiência, é parte de uma compra contínua em diversos canais.”

O “Showrooming” se tornou muito popular nos últimos tempos, que basicamente é a pesquisa e experimentação em lojas físicas e compra online (Muitas vezes com preços mais baixos), porém também é uma realidade, a prática do “Webrooming”, que é exatamente o oposto, e também uma tendência real de grande parte dos consumidores, ou seja, antes de ir às lojas físicas, consultam online ou até mesmo no momento da compra (dispositivos móveis) e compram na loja física.

Algumas novidades do mercado vieram para quem gosta de ver o produto fisicamente antes de comprar, como as “Pop-up stores”, que são lojas temporárias, basicamente com a estratégia de oferecer um “Showroom” físico para os clientes. Esse é um dos indicadores, que prova a convergência entre o mundo físico e virtual.

Olhando para estas tendências do mercado, é possível enxergar uma grande oportunidade de crescimento para qualquer negócio, basta entender a agir de forma adequada e aderente ao que os consumidores estão buscando.

Apague a linha entre o mundo real e virtual

Em outras palavras, olhe para os consumidores como pessoas multitarefa, multicanal , como eles são. Varejistas que conseguirem misturar todos os canais, de forma mais homogênea e agradável para os clientes, certamente estarão um passo a frente. O objetivo deve ser sempre tornar a experiência o mais simples possível, para que achem o que querem de forma mais fácil e rápida.

Entender e traçar o perfil dos consumidores é muito importante para conseguir traduzir em experiências online em físicas, de forma personalizada. Um exemplo disso são tecnologias capazes de oferecer em tempo real informações e/ou recomendações para os clientes, de acordo com sua localização, através dos dispositivos móveis, guiando para lojas físicas ou virtuais, dado a estratégia da ação.

O varejo deve avançar muito mais no estudo do comportamento dos consumidores, ferramenta essencial para alcançar a “união” dos canais de forma efetiva.

Atinja o consumidor certo com o produto certo

Varejistas são responsáveis por encontrar o consumidor, onde quer que esteja, e oferecer os produtos adequados, no momento certo.
Pessoas estão cansadas de ver ofertas de coisas que não possuem o mínimo interesse. No mundo digital hoje, é bem mais fácil identificar os padrões de busca e interesses dos usuários para ofertar corretamente os produtos, porem no mundo físico, ainda há algumas barreiras, que muitas vezes podem ser facilmente quebradas.

Os dispositivos móveis já possibilitam a identificação do usuário por aproximação (Claro, com o consentimento do usuário), o que é um exemplo onde podemos utilizar informações, desde as mais básicas, como nome, e-mail, últimas compras feitas, até outras mais complexas, para oferecer o produto certo na hora certa.

O objetivo de tudo isso, é ajudar o consumidor a encontrar o que procura o mais rápido possível, proporcionando a melhor experiência, diante da vasta variedade de produtos disponíveis no mercado. Pessoas são cada vez mais ocupadas com seu dia a dia e querem procurar menos e achar mais, e é neste momento que entra a “busca guiada” e as recomendações relevantes.

“Mergulhe” em dados e mantenha-se com tecnologias de ponta

Estude muito bem todos os dados que possui de seus clientes ou possíveis clientes, certamente podem ser muito úteis. A excelência do uso dos dados e da tecnologia é alcançada quando o usuário não percebe no momento que sua experiência foi direcionada propositalmente.

Imprescindível ter estratégias e estar preparado para atender o público “Mobile”

Pessoas passam grande parte do seu tempo livre conectados em seus dispositivos móveis, especialmente “Smartphones”. Para atender a esta demanda, os varejistas devem estar prontos para oferecer a melhor e mais fácil experiência, adequada ao meio.

Tablets , smartphones e outros dispositivos móveis estão rapidamente substituindo os computadores (Desktops), como ferramentas para compras. De acordo com o “e-bit informação”, o M-commerce já representa 9,7% do volume transacional na internet, sendo que a um ano atrás, representava apenas 4,8%.

Customizações devem ser prioridade

Não personalizar/customizar de forma adequada a experiência do usuário, especialmente para os recorrentes ou para compras com ticket alto, pode significar jogar dinheiro, tempo e energia no lixo. Ninguém quer ser tratado como “estranho”, especialmente nestes dois casos citados acima. Não há quem não goste de se sentir especial e tratado de forma diferenciada. Varejistas devem conhecer seus clientes e leva-los para um “funil de compras” muito mais rápido, usando as informações de forma inteligente.

Consumidores querem algo único, produtos originais, até mesmo criar ou personalizar da forma que bem entenderem. Um exemplo disso é a tecnologia de impressão 3D, que ainda não é uma realidade popular, mas que é uma peça chave para o caminho dos produtos personalizados.

Muitas vezes as inovações, customizações, mudanças e melhorias de sucesso, partem de iniciativas simples, baseadas em dados e tendências. Basta acompanhar o mercado, entender as necessidades dos seus clientes e traduzir isso em ações eficientes e eficazes.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25