Conheça Adyen, a empresa que você já usou, mas nunca ouviu falar

em dez 08, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
Artigo  contéudo4

Você provavelmente nunca ouviu falar da Adyen, mas, também provavelmente, já usou a tecnologia da empresa. Uma das paredes do escritório paulistano da empresa mostra algumas das parceiras: Uber, Netflix, Spotify, Airbnb, entre outros. Se você já fez algum pagamento usando uma dessas plataformas, então fez proveito da tecnologia fornecida pela Adyen.

Fundada em 2006 em Amsterdam, a empresa trabalha com pagamento digitais em diversos canais. Desde outubro, trouxe ao Brasil sua solução de adquirente (o papel feito por concorrentes como Cielo, Rede, entre outras). Mesmo assim, a atuação da Adyen continua exclusivamente para pagamentos online.

Mas o que faz da Adyen uma companhia tão atraente para grandes nomes da tecnologia? As soluções digitais da empresa podem substituir boa parte da cadeia de pagamentos tradicionais. Com isso, o fluxo de informações fica mais simples. Mas além disso, existe um fator importante: a tecnologia da empresa é capaz de entender por que um pagamento foi negado. Essa é uma conta de bilhões de dólares a depender do porte da empresa.

O próximo passo após a compreensão da negativa no pagamento é entender se é possível tentar novamente. Com isso, a Adyen entrega para vendedores uma taxa menor de transações negadas e um aumento nas conversões.

“O principal diferencial da Adyen hoje é a integração de antifraude, adquirência, gateway e conciliação de pagamentos. Não conhecemos nenhuma solução tão completa”, falou Wanderson Leal, CFO da Wine.com.br, em pronunciamento enviado pela Adyen a EXAME.com.

De 2014 para 2015, a companhia viu o processamento de transações dobrar: pulou de 25 bilhões de dólares para 50 bilhões de dólares. A expectativa é que essa taxa de crescimento continue e que a Adyen feche o ano tendo processado mais de 100 bilhões de dólares globalmente para seus 4.500 clientes.

Fonte: Exame

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25