E-commerce aposta em softwares de precificação para ganhar da concorrência

em fev 28, 2014:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
monitoramento-de-preços

Vender pela internet é uma alternativa para muitos empreendedores que querem expandir suas operações e aumentar a rentabilidade da empresa. Mas com a concorrência muito acirrada, não basta apenas ter um site funcionando a pleno vapor por 24 horas e sete dias por semana.

É fundamental traçar estratégias de vendas. E um dos pontos cruciais é estabelecer uma política de preços. E tem gente lançando mão da tecnologia para conseguir driblar as empresas rivais.

É uma guerra diária. Em um site virtual, o preço de um mesmo produto pode variar até oito vezes em um único dia. Se monitorar o valor de uma mercadoria já é difícil, imagina o de milhares? O Márcio, dono do maior petshop virtual do país, com dez mil itens, não deu conta.

“Era uma loucura. A gente tinha que ficar o tempo inteiro navegando no site dos concorrentes, abrir o nosso site, comparando preço, trocando isso de madrugada, de noite. É uma loucura”, revela Márcio Waldman, diretor-presidente da PetLove.

Para não perder mercado e fechar as portas, a loja adotou um software que monitora de forma automática os preços das quatro principais concorrentes.

Foi o pulo do gato na gestão da empresa. Funciona assim: a loja precisa definir as regras dos preços, ou seja, até quanto ela está disposta a reduzir o valor de venda de cada mercadoria. Depois, é tudo com o computador.

A partir daí, cabe ao software atualizar os preços de todos os produtos da loja virtual, de hora em hora. Toda vez que a concorrência tiver valores mais baixos, os preços da loja caem. Se a concorrência estiver vendendo mais caro, a plataforma aumenta os preços da loja virtual.

O estoque também é monitorado. Quando as mercadorias das outras empresas acabam, automaticamente o valor do produto da loja online sobe. Quando o estoque da concorrência volta ao normal, o preço da loja acompanha os valores praticados pelo mercado.

Em funcionamento há uma ano no petshop, o software ajudou a dobrar o volume de vendas na internet.

“Sem uma ferramenta de automação é impossível você ter competitividade 24 horas por dia”, declara Caio Bernardo, diretor comercial da PetLove.

A primeira ferramenta inteligente de preços no país foi implantada por Ricardo Ramos, diretor executivo da Precifica, há um ano. Tem 60 clientes e já superou o primeiro milhão em faturamento. Certo do sucesso do negócio, Ricardo aposta que vai alcançar a marca dos R$ 3 milhões até dezembro.

“Eu acredito que a gente está criando um mercado novo para o e-commerce. É um tipo de tecnologia que não fazia parte do dia a dia do varejista. Com essa nova possibilidade o varejo começa a ser muito mais competitivo, porém com muito mais saúde”, Ricardo Ramos, diretor executivo da Precifica.

Fonte: G1

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25