E-commerce de automação comercial aponta principais erros do empreendedor na gestão de um negócio

em abr 05, 2017:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Antes de abrir uma empresa, o empreendedor deve listar suas principais ideias e estudar cada uma, checando sua viabilidade. Porém, muitas vezes, ele se esquece de planejar o processo de gestão de seu novo negócio. E isso pode fazer toda a diferença entre ter um fechamento positivo ou negativo com o passar dos meses.

A gestão de um negócio deve ser profissional e, de preferência, automatizada com softwares e sistemas profissionais. Assim, fica mais difícil cometer erros de principiantes, como misturar as despesas pessoais com as da empresa. Por incrível que pareça, esse erro é cometido por muitos empreendedores, até mesmo os que já estão em fases maduras de seus negócios.

“Automatizar os processos fiscais, por exemplo, é barato e poupa muito tempo do empreendedor. Assim como instalar sistemas de leitura em código de barra para comércio e relógio de ponto para controle de funcionários”, diz Joannes Righetto, diretor da Zip Automação, e-commerce brasileiro do segmento de automação comercial.

A Zip Automação oferece em seu site desde leitor de código de barras, relógios de ponto e balanças a impressoras fiscais e equipamentos SAT Fiscal.

É importante também que o empreendedor esteja aberto a ouvir seu cliente, principalmente as críticas. Nem sempre elas virão de maneira positiva – podem vir em forma de reclamação. Cabe ao empreendedor escutá-las e transformar sua empresa com base no que o cliente tem a dizer. Existem softwares, por exemplo, que captam esse feedback, inclusive online, para e-commerces. Por isso, fuja desse erro logo no início de seu negócio.

Capacite-se

A falta de foco é outro problema que atrapalha muitos empresários. Não adianta criar projetos mirabolantes e difíceis de executar. A regra é clara: comece com o básico, ouça o que o público tem a dizer e incremente sua ideia aos poucos. Nesse meio tempo, especialize-se: busque cursos, palestras e livros para lhe ajudar na gestão da empresa.

Muitas vezes, nesses cursos e palestras, você acaba conhecendo profissionais que já passaram pela mesma situação em que você se encontra, faz networking e ainda aprende como sair do seu atual problema.

Descentralize

Muitos empresários centralizam as principais atividades em si mesmo, dificultando para o resto da equipe em sua ausência. Não tenha medo de ensinar para seus colaboradores suas funções. O melhor mesmo é sempre deixar alguém preparado para assumir seu lugar. Assim, a empresa não sofre em caso de necessidade.

Regularize

Evite atuar na informalidade. Para sua segurança e para a segurança de seus clientes, é importante possuir um CNPJ. Assim, você consegue emitir nota fiscal.

Dessa forma, você também conseguirá descontos com fornecedores, que muitas vezes só vendem para pessoas jurídicas.

Solicitar empréstimo, usar máquinas de cartão de crédito e contratar equipe são outras vantagens de negócios formalizados.

Planeje-se

Sabe aquela história que toda ideia, para conseguir se concretizar, precisa de um plano de negócios? Ele conterá os objetivos da sua empresa, sua missão e formas de atuação – e ele pode ser bem simples, apenas para que você não perca o foco.

Segundo estatística divulgadas pelo Sebrae, uma em cada três novas empresas fecham devido à falta de planejamento. Portanto, se você ainda não fez o da sua empresa, é hora de sentar e começar a escrever suas metas para curto, médio e longo prazo – e também como irá alcançá-las.

Organize-se

Para gerir uma empresa, você precisará se organizar financeiramente. Muitos micro e pequenos empresários não entendem nada de finanças e não contratam equipe especializada. O resultado pode ser desastroso.

A gestão financeira precisa ser prioridade para qualquer empresas – desde e-commerces à prestadores de serviço. É ela que vai evitar que suas contas acabem no vermelho.

Atualize-se

Muitos gestores ignoram o marketing e a divulgação. E esse é um dos principais erros que você pode cometer. É o marketing que fará com que seu cliente lhe encontre. Ele deve ser visto como investimento e não como despesa.

E não se preocupe: atualmente, traçar (e executar) um bom plano de marketing não é tão caro como antigamente. O marketing digital permite que você encontre público segmentado para seu negócio, a custos mínimo em clique ou visualização. Por isso, vale a pena contar com uma agência que trabalha com marketing, SEO e Google Adwords.

Fonte: EXAME

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25