Empresas travam corrida para simplificar pagamento no e-commerce

em ago 24, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Há uma briga entre as diferentes empresas facilitadoras de pagamento para abocanhar fatias maiores das transações que passam pelo e-commerce brasileiro. Ganha a disputa quem deixar a compra online mais rápida e simples. A Stelo, criada pelo Banco do Brasil, Bradesco e Cielo, fez a investida mais recente. 

A empresa está tentando se transformar em um “cadastro universal” do e-commerce brasileiro. Inspirada no Facebook e na Amazon, a companhia criou o selo “login com Stelo”, que, na prática, permite ao cliente fazer compras na internet sem ter cadastro na varejista. A solução faz parte de uma estratégia da empresa brasileira de se diferenciar de suas concorrentes, especialmente o PayPal, líder global no segmento, com 3 milhões de usuários ativos no Brasil, base muito maior do que os 50 mil cadastros da Stelo.

O “login com Stelo” está disponível hoje em um projeto piloto com sete varejistas, como a marca de cosméticos Anna Pegova e Farma Delivery. A meta é fechar com o grande varejo até o Black Friday, em novembro. Varela admite que a inspiração veio de um case apresentado pela Amazon em outubro de 2013, em um congresso que participou sobre tecnologia para pagamentos. 

“O produto foi pensando para atender aquele cliente que compra em vários sites e não quer ter de preencher um cadastro em cada um deles, guardar várias senhas e ter de digitar o cartão toda vez”, afirmou o presidente da Stelo, Ronaldo Varela. “Para o varejista, a vantagem é agilidade. O cliente fecha a compra mais rápido e reduz o índice de desistência”, diz. 

O PayPal também tem soluções para cortar o número de cliques na hora de comprar. Um serviço chamado “shortcut”, disponível no Brasil em sites como Ponto Frio, Vivo e Mobly e no aplicativo 99 Táxis, processa automaticamente o pagamento com PayPal cada vez que o cliente compra no site, sem a necessidade de digitar novamente seu login e senha do PayPal. O cliente, no entanto, precisa ter cadastro na varejista.

Solução brasileira. Lançado globalmente em 1998, o PayPal ficou conhecido pelos brasileiros que fazem compra em sites estrangeiros. Há quatro anos, a empresa americana abriu um escritório no Brasil. “Um dos nossos diferenciais é que somos uma empresa global, o cliente pode usar o mesmo login e senha aqui e no exterior”, disse a diretora de vendas do PayPal Brasil, Paula Paschoal. “Mas nossos serviços são tropicalizados. O Brasil é o único país em que se pode parcelar as compras feitas no PayPal.” 

Outras empresas, como PagSeguro, do site Uol, e MercadoPago, da rede MercadoLivre, também atuam nesse segmento. De acordo com o diretor executivo da consultoria E-bit, André Ricardo Dias, os varejistas buscam soluções do gênero para minimizar o risco de perdas com fraudes, que pode chegar a 3% ou 4% das vendas em alguns sites. Se a transação passar por um facilitador de pagamento, ele assume o prejuízo no lugar da varejista. “A escolha entre um ou outro depende da agilidade do serviço e das taxas que eles cobram do varejista por transação e antecipação de pagamentos”, afirmou.

A Stelo chegou no mercado há menos de um ano e meio, mas tem acionistas de peso recomendando sua solução. O cadastro na Stelo para clientes do Bradesco e Banco do Brasil é feito no próprio internet banking. “Esses bancos emitem 40% dos cartões do Brasil. Se eu conseguir uma pequena taxa de conversão, são milhões de clientes para a Stelo”, disse Varela. As linhas de crédito disponíveis no banco, como o cheque especial, serão integradas na conta do cliente na carteira Stelo. Outra vantagem da empresa é poder sentar ao lado dos bancos para negociar com lojistas, que além da solução de pagamentos buscam antecipação de recebíveis.

ESTADÃO

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25