“Estamos conseguindo estragar as vendas de Natal”

em dez 11, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

O surgimento da Black Friday no Brasil, como uma data fortemente promocional sem nenhuma relação cultural com o País, pode ter um efeito danoso sobre o varejo brasileiro. Essa é a opinião de Sergio Herz, presidente da Livraria Cultura. “Estamos transformando uma data que fazia sentido nos EUA e importando para cá para reduzir nosso tíquete médio e lojas físicas”, afirma.

Segundo o executivo, que participou de um painel sobre as vendas de fim de ano durante o evento de lançamento do estudo “As 50 Maiores do E-Commerce Brasileiro”, da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), nesta semana em São Paulo, o resultado da Black Friday brasileira é a diminuição do potencial de resultado das lojas físicas em um cenário de aumento de custos. “A loja física está cada vez menos competitiva e é muito visível que o mercado já é digital, o que muda a forma como o varejo precisa se posicionar”, explica.

Segundo Herz, as vendas da Cultura cresceram 48% durante a Black Friday, mas as lojas físicas estão sofrendo mais. “O mês de novembro foi muito bom para a internet, mas estamos vivendo um ambiente de aumento de custos que pressiona muito todo o varejo”, diz. Para ele, o Brasil tenta equilibrar uma infraestrutura africana com impostos belgas, leis da Coreia do Norte e práticas de mercado americanas, como a Black Friday. “É evidente que isso não vai dar certo”, diz.

Quando questionado sobre os grandes desafios de implementar a cultura do online em uma empresa que tem origem em lojas físicas, Herz disse que é preciso quebrar resistências internas. “Como um todo, o varejo brasileiro ainda deixa muito a desejar em CRM. Assumi pessoalmente a área de inteligência de mercado da empresa, que antes estava sob o Comercial, para avançar, e o mais difícil é termos gente preparada para lidar com a montanha de informação que vem do online e que poderia ser usada nas lojas. Precisamos de mais engenheiros no varejo”, finaliza.

DO NEGÓCIO DO VAREJO

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25