Facebook implantará função para e-commerce

em out 04, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
artigo-conteudo2323232

A rede social Facebook lançará um site de comércio com o objetivo de ajudar seus usuários a venderem e comprarem produtos. A empresa diz que cerca de 450 milhões de pessoas usam de alguma forma essa função dentro do recurso de Grupos (vendendo e comprando roupas usadas, artesanato e móveis, por exemplo) e quer, com a novidade, proporcionar um modelo mais agradável de negócio.

A nova função comercial será separada dos grupos. A empresa diz que há anos está de olho nesse potencial dentro de seu site e aprendeu muito com essa observação e tentativas fracassadas. Há nove anos, o Facebook tentou criar um modelo de comércio dentro do site. O projeto não vingou devido a pouca utilização da ferramenta.

Hoje, acredita a rede social, tanto a empresa como o usuário estão mais maduros para levar isso adiante. Entre os itens mais comercializados, sem local próprio e dependendo do recurso de grupos, estão móveis, carros e roupas.

O marketplace do Facebook trará funcionalidades de geolocalização, para achar as ofertas mais próximas de onde o usuário se localiza. Também haverá filtros, como o de listar por preço e categorias. O negócio será realizado por meio de contato entre as partes, utilizando o serviço de mensagens do site. A forma de pagamento e garantias para recebimento do produto e dinheiro não foram reveladas agora. Somente serão especificadas no lançamento do marketplace.

Simples e direto
O Facebook acredita que há essa demanda por um sistema de comércio entre usuários de sua rede. Com os anos de aprendizado, a empresa diz ter notado que as pessoas querem algo simples. Para anunciar o produto, bastará postar uma foto com breve descrição do item e a localização.

Detalhes de quem verá a oferta e quanto tempo ela ficará ativa também não foram anunciados. A novidade será lançada nos próximos meses e a empresa promete que o marketplace funcionará em diversos países de uma vez.

Fonte: Noticias R7

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário