Guia rápido para o atacadista se lançar no e-commerce

em ago 28, 2014:por

Ricardo Jordão

Chief Marketing Officer da Rakuten Brasil, Fundador da BIZREVOLUTION, Criador do EPICENTRO, RainMaker e Escritor.
Views408
guia-rapido-para-entrar-no-atacarejo

Escolher uma única plataforma com duas interfaces e apoiar os revendedores são algumas dicas importantes para o Atacadista que vai dar os primeiros passos na internet

Desde a semana passada os atacadistas ganharam mais um canal de vendas para expandir seus negócios e atender às necessidades dos seus consumidores. A Rakuten, há 20 anos líder em plataformas de comércio eletrônico no Brasil, lançou a plataforma de Atacarejo, para atender atacadistas de médio e grande porte que querem apostar em lojas virtuais.

Segundo pesquisas recentes, o Atacarejo cresceu 17,5% no ano passado, porém apenas 1% das lojas virtuais brasileiras está preparada para vender para o Atacado e Varejo simultaneamente, utilizando a mesma plataforma. Analisando esses dados e as necessidades do mercado, essa é a hora de investir no canal de venda que mais cresceu nos últimos dois anos: o e-commerce.

Para os atacadistas que querem melhorar o processo de vendas no Atacado e, em paralelo, atingir o consumidor final vendendo no varejo com uma margem de venda mais saudável, o guia rápido abaixo mostra o que é essencial para utilizar a plataforma de Atacarejo.

1 –Ser Atacarejo no mundo físico: Para aproveitar todas as vantagens dessa plataforma, é necessário já vender para Atacado e Varejo na loja física.

2 – Escolher uma plataforma integrada: Procure por uma plataforma que tenha duas interfaces em um único lugar, ou seja, com uma única loja virtual é possível atender dois perfis diferentes – atacado e varejo.

3 –Condições, preços e portfólio diferenciados por login:Mantenha negociações diferentes de acordo com o perfil do consumidor. Dessa forma, os preços praticados para o varejista e para o atacadista variam de acordo com o login do usuário.

4 –Parceiro logístico: Escolha um ou mais parceiros logísticos, de acordo com a necessidade das suas entregas. Considere também a possibilidade do seu consumidor comprar online e retirar pessoalmente, principalmente no caso dos atacadistas, que demandam entregas imediatas para reposição de estoque.

5 –Estoque: Defina se sua mercadoria ficará estocada em um Centro de Distribuição, na própria loja ou se o estoque será amarrado ao CEP do consumidor, ou seja, sairá de um CD ou loja mais próximo do cliente.

6 –Atendimento: Disponha de uma equipe de atendimento por telefone e no chat online, exclusiva para o atendimento aos pedidos da loja virtual. A plataforma de Atacarejo é um canal novo e pode gerar muitas dúvidas, principalmente para os atacadistas que nunca compraram online antes. Certifique-se de que a equipe domine as funcionalidades da plataforma e possa orientá-los rapidamente.

7 –Cuidado para não tirar de campo o time do pequeno varejo: Ao vender online atente-se para não atrapalhar os negócios do pequeno varejista vendendo mais barato para o consumidor final. Compartilhar leads e oferecer comissões são algumas ideias viáveis para não afastar os revendedores.

8 – Prepare-se para atender uma demanda maior: Abrir uma loja virtual é sair da zona de conforto do fluxo habitual de consumidores em uma loja física e lidar com uma demanda maior, com clientes de várias localidades. Esteja preparado para atender clientes a nível nacional, acompanhando de perto o estoque e o processo de entrega.

9 –O comércio eletrônico é mais do que um ponto adicional de venda: Toda a atenção deve ser redobrada com uma loja virtual. Garanta um bom atendimento e suporte aos consumidores, interaja com os clientes, esteja presente nas redes sociais, faça pesquisa de mercado, analise a concorrência e promova campanhas.

10 – SEJA o diferencial: Crie um produto ou linha exclusiva para vender só na internet e ofereça benefícios no frete ou nos acessórios.

No Atacarejo online tanto o atacadista quanto o cliente final e o revendedor saem ganhando. Quem compra economiza tempo e dinheiro, efetivando as compras com um clique. Já o atacadista tem a oportunidade de vender para um público ainda maior, com flexibilidade de preços e campanhas de marketing mais baratas e eficazes. A plataforma de e-commerce especializada para o Atacarejo online está conquistando seu espaço, funcionando como porta de entrada para os atacadistas também competirem no mercado virtual nacional.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

One Comentários

  1. Leticia saad disse:

    Estou em busca de plataforma de ecommerce para atacarejo (atacado e varejo) mas não tenho encontrado… atualmanet so x-tech e queria algo que eu mesma pudesse montar. aguardo indicações, obrigada!

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25