Limpe sua base de e-mails e garanta melhores resultados

em nov 18, 2015:por

Marcelo Varon

Possui mais de 10 anos de experiência no mundo digital e atualmente é o Gerente geral de Marketing e vendas do Uol Host, divisão do Grupo UOL especializada em pequenas e médias empresas que queiram entrar e crescer no mundo online.
Views42
email-marketing

Engordar a lista de e-mails da sua loja pode parecer, à primeira vista, sinônimo de boas notícias – afinal, são mais potenciais consumidores entrando para a sua base. Mas atenção: não se deixe seduzir apenas pela quantidade. Quando o assunto é e-mail marketing, qualidade importa e muito.

O internauta médio recebe uma grande quantidade de informações todos os dias na sua caixa de entrada. Assim, as chances de suas mensagens serem simplesmente ignoradas são grandes, a menos que elas sejam muito relevantes.
Se sua base está cheia de e-mails aleatórios, que você nem sabe como foram parar lá, as chances de você acertar nos disparos são muito menores.

Por isso, de vez em quando é importante promover uma bela limpeza na sua lista, excluindo nomes duplicados e endereços que não existem mais.

Separei quatro dicas para deixar sua lista de e-mails limpinha e pronta para melhores resultados.

1. Pequenos detalhes fazem diferença

Uma verificação simples, mas muito útil, é corrigir possíveis erros ortográficos ou de digitação. Procure por espaços indevidos como: vania @gmail.com, ou pontos que não foram colocados: vania@gmailcom e, ainda, símbolos trocados: vania!gmail.com.

Essa limpeza vai ajudar a eliminar mensagens que estão sendo enviadas para contas inválidas. Nessa verificação, vale aproveitar para encontrar, também, e-mails duplicados e eliminá-los para garantir economia e eficiência.

2. Remoção de inativos

Se a base está cheia de pessoas que nem sabem como foram parar no mailing, é hora de rever suas estratégias.

Sempre alimente sua lista com pessoas que estão interessadas em suas novidades, ofertas, comunicados ou conteúdo.

Antes de deletar os inativos, você pode, por exemplo, fazer uma campanha de reativação. Use aqui a régua de relacionamento para ajudá-lo a detectar os que interagem, ou não, com sua marca.

Essa tática serve para você ter mais evidências de quem realmente não está a fim de interagir com sua loja. Leve em consideração dados de abertura da mensagem, taxa de cliques e interação com o conteúdo.

3. Segmentação por interesse

Comece a analisar o comportamento dos usuários no passado, quais foram os assuntos mais clicados, se ao ir para o site foi feita alguma compra ou então por quais outras categorias ele navegou.

Leve em consideração todos os dados que possam ser úteis para criar listas baseadas na necessidade de cada um. Isso serve também para a criação do conteúdo que será enviado futuramente.

4. Dê opção ao cliente

Uma boa e velha recomendação em e-mail marketing é oferecer a opção de “opt-out”. O receptor deve poder solicitar, a qualquer momento, o descadastramento da base de envios de sua loja. E, obviamente, você deve respeitar esse pedido.

Essa também é uma forma de manter a sua lista limpa, apenas com pessoas interessadas em seu conteúdo. Além disso, e-mails entregues com sucesso, e uma alta taxa de interação, garantem que seu endereço tenha uma boa reputação com os servidores.

E você, já fez uma faxina na sua lista de de e-mails?

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25