M-commerce: Como o mobile e-commerce é a próxima fronteira para ser atravessada. | Next Ecommerce

M-commerce: Como o mobile e-commerce é a próxima fronteira para ser atravessada.

em jan 15, 2013:por

m-commerce (1)

Os números não negam e com um aumento de 221% nas vendas do dia de Ação de Graças e 128% na Black Friday, o mercado americano já transpôs a barreira do mobile commerce e continua acelerando nesta direção. Os dados fornecidos pela start up nova iorquina Branding Brand , plataforma m-commerce que recebeu aporte de 7.5 milhões de dólares em outubro do ano passado, diferente de outras pesquisas que foram anunciadas, reúnem apenas os números oriundos de plataformas de smartphones e não misturam tablets e nem navegação  otimizada no navegador, representam puramente plataforma e mostram que a maré mobile está chegando com força total.

Para aqueles que ainda não conhecem a Branding Brand, ela é responsável pela plataforma mobile commerce dos clientes American Eagle Outfitters, Anthropologie, The Children’s Place, Costco, Crate & Barrel, Dick’s Sporting Goods, Drugstore.com, Eastern Mountain Sports, GNC, Ralph Lauren, Sephora, Steve Madden, Timberland, Tumi, and West Marine, ou seja, os dados oferecidos na pesquisa representam uma fatia bem específica do e-commerce – demonstra como os maiores varejistas estão performando no mobile.

Por que é importante separar estes dados? Por que a maior parte da indústria gera relatórios generalizando o tráfego móvel, não dividindo a experiência de plataformas específicas para aquelas adaptadas, ou até as não adaptadas, e colocando as duas informações no mesmo lugar, pode distorcer largamente os dados, sendo que o engajamento é muito maior em plataformas já adaptadas para smartphones, onde não existe a necessidade de constantemente usar o zoom por exemplo. As pesquisas apontam que se você faz um site móvel, o retorno financeiro móvel vem.

De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 221% ano-a-ano nas vendas de Ação de Graças, com visitas aumentando em 103% e pageviews 133%, com aumento de 19% no ticket médio.

Em números da Branding Brand:

  • 3,086,154 visitantes (63% iOS; 32% Android)
  • 17,364,602 page views (62% iOS; 33% Android)
  • 29,880 pedidos (70% iOS; 29% Android)
  • $81 ticket médio ($81 iOS; $80 Android)
  • 20.25% do total do tráfego do e-commerce veio de smartphones

Na Black Friday, as vendas subiram  128%, com visitas aumentando 101%, pageviews  99%, e ticket médio diminuindo em 7.46% (Possivelmente pela distribuição de descontos que é comum .)

Na Black Friday, a pesquisa Branding Brand’s incluiu:

  • 3,513,367 visitantes (63% iOS; 32% Android)
  • 20,708,053 page views (62% iOS; 33% Android)
  • 50,905 pedidos (69% iOS; 29% Android)
  • $78.92 ticket médio ($80.37 iOS; $75.43 Android)
  • 20.44% do tráfego total do e-commerce veio de smartphones

Traduzindo esses números, é seguro dizer que as plataformas móveis começam a ter parcela significativa de participação nas vendas e tráfego dos e-commerce e esta tendência alerta para mais uma importante questão, que são os elementos de usabilidade, navegação e otimização para vendas móveis. No Brasil ainda existem poucas soluções que acomodam corretamente as pequenas telas dos aparelhos, mas com certeza o potencial está lá.

Com a melhora na infra estrutura nacional e a vinda das redes de alta velocidade de navegação móvel , esperamos que o ano de 2014 deva ser o ano das plataformas móveis no Brasil e com certeza, poderemos observar assim como nos EUA um elevado aumento nas transações vindas pelos aparelhos. E a hora é agora para que os e-commerces comecem a atravessar essa fronteira.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25