O Baidu anuncia a compra do Peixe Urbano

em out 09, 2014:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

O Baidu Inc., principal empresa de internet na China e segundo maior serviço global de buscas na web, com mais de setecentos milhões de usuários e valor de mercado de cerca de R$ 180 bilhões, comprou o controle do Peixe Urbano, maior empresa brasileira de e-commerce local.

Escritório em Beijing da Baidu Inc.

O valor do acordo não foi revelado. O Baidu se tornará o principal acionista do Peixe Urbano, mas manterá intacta a atual equipe à frente das operações. O objetivo é consolidá-lo como líder no segmento de O2O (online-to-offline) no Brasil e uma das principais empresas de internet do país.

Em abril deste ano, o Peixe Urbano já havia divulgado que estava buscando novos aportes de capital para alavancar seu crescimento.

“A expansão internacional é uma prioridade para o Baidu e, como parte dessa estratégia, o Brasil é um mercado-chave, onde mais de 50 milhões de pessoas já utilizam os nossos serviços todos os dias. A aquisição do Peixe Urbano, uma das empresas mais conhecidas e respeitadas da internet brasileira, demonstra o nosso comprometimento em investir no desenvolvimento do mercado local a longo prazo,” afirmou em nota Johnson Hu, diretor geral de negócios globais do Baidu.

O Baidu iniciou operações no Brasil em novembro de 2013 e, em julho deste ano, durante a visita do presidente chinês Xi Jinping e do presidente-executivo e fundador do Baidu, Robin Li, ao país, a companhia anunciou o lançamento de seu buscador em língua portuguesa. Na mesma oportunidade, o Baidu se comprometeu em investir mais de R$ 120 milhões no mercado brasileiro nos próximos três anos.

Além de colaborar com programas do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, como o Ciência Sem Fronteiras, a empresa implantará um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de classe mundial no país – o sétimo da companhia, que já mantém centros de pesquisa na China (Beijing, Shangai e Shenzhen), no Vale do Silício (Estados Unidos), em Cingapura e no Japão.

O Baidu estima ter seus produtos utilizados por metade da população mundial até 2019 e o Brasil é considerado um mercado prioritário para a companhia.

+ Groupon abandona as compras coletivas

“A entrada de uma das mais importantes empresas de tecnologia do mundo como nosso sócio é um enorme reconhecimento, fruto de tudo o que construímos no Brasil ao longo dos últimos 4 anos e meio, impactando positivamente o negócio de dezenas de milhares de estabelecimentos e a vida de milhões de consumidores em todo o país,” disse em nota Julio Vasconcellos, cofundador e CEO do Peixe Urbano. “Estamos animados com as perspectivas para o futuro, sabendo que o Baidu está totalmente comprometido em aportar não apenas capital, mas também tecnologia de ponta para fazer crescer e consolidar a posição de liderança do Peixe Urbano no mercado”.

Ao longo dos últimos anos, o Peixe Urbano vem evoluindo progressivamente o seu modelo de negócios e hoje se posiciona como um “Shopping de Ofertas”, que ajuda a conectar consumidores com estabelecimentos de diversos setores em áreas como gastronomia, estética, entretenimento, viagens e produtos.

O Peixe Urbano também tem investido em tecnologia móvel, serviços com base em localização, busca e personalização. O Baidu é uma das empresas líderes nessas áreas em nível mundial.

Além de aportar investimento financeiro e conhecimento técnico, o Baidu trará também para dentro do Peixe Urbano sua experiência no segmento de ofertas, sendo dona de uma das companhias líderes deste setor na China e uma das principais no mundo.

“O investimento no Peixe Urbano permitirá ao Baidu acelerar seu crescimento na internet brasileira e desenvolver com maior velocidade parcerias com fornecedores de serviços que resultem em recursos avançados para nosso buscador em língua portuguesa. Esta aquisição também transmite uma mensagem clara do comprometimento e visão de longo prazo do Baidu com o mercado local”, afirma Hu.

O Peixe Urbano continuará funcionando como uma entidade própria só que dentro do ecossistema do Baidu, não havendo qualquer previsão de mudanças em sua marca, no serviço prestado aos seus usuários e parceiros ou em sua equipe, segundo informado pela empresa.

Fonte: Época

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25