O Neuromarketing pode beneficiar seu e-commerce

em set 13, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
artigo-conteudo41

Por volta de 1965, Gordon E. Moore, co-fundador da Intel, previu em sua “lei de Moore” que quanto mais o tempo passasse, mais barata ficaria a tecnologia. E não dá para dizer que ele estava errado com sua profecia, afinal, de lá para cá os computadores se tornaram cada vez mais em conta e até a internet ficou acessível para mais pessoas — inclusive, na palma da mão.

Agora, se a tecnologia tende a deixar de ser um diferencial no mercado, como o dono de um e-commerce pode sair na frente da concorrência? Simples: por meio do bom uso do neuromarketing .

Estudado desde os anos 90, esse campo do marketing é aquele que conta com a ciência para entender como funciona o cérebro das pessoas quando elas são expostas às marcas e aos produtos e, com isso, ter uma ideia do que pode ajudar uma loja a vender ainda mais.

Interessante, não é mesmo? Então, dê só uma olhada no que os estudos do neuromarketing já mostraram que pode ajudar a sua loja virtual a fazer ainda mais sucesso na web!

Use o medo da escassez para convencer o visitante a comprar naquele momento
Quando ainda morávamos nas cavernas, não tinha dessa de ir até a padaria comprar comida. Era preciso consumir tudo o mais rápido possível, afinal, não sabíamos se haveria mais amanhã.

O interessante é que hoje, apesar de já termos as padarias, nosso cérebro continua lidando com esse medo da escassez quase como antigamente.

Por isso, se o seu e-commerce deixar claro que aquela promoção tem um tempo determinado ou o produto está acabando, as chances de conversão serão bem maiores, afinal, vai que amanhã não existirá mais essa oportunidade?

O efeito do contraste de preços
Se sua loja virtual anuncia uma televisão de R$4000 e todos os outros produtos relacionados são televisores com preço parecido, pode ser que você esteja perdendo dinheiro. E o motivo seria a falta de um contraste de preços.

Segundo alguns estudos, as pessoas ficam mais propensas a comprar algo quando antes são apresentadas a um produto mais caro. Por isso, não deixe de oferecer uma opção mais barata perto daquelas mais caras, assim quem não ligar para o preço leva o primeiro produto e quem ligar, leva o segundo.

A opinião de outros compradores pode ser uma boa ideia
Nós nos damos muito bem com a tecnologia e as máquinas, no entanto, não gostamos de pensar que somos enganados por elas. Por isso, quando um site ou e-commerce mostra a opinião de outras pessoas a respeito de um determinado produto, ficamos mais propensos a fazer uma compra.

E os números compravam isso: segundo uma pesquisa do MarketingProfs, 67% dos consumidores tendem a ler pelo menos 6 resenhas de outas pessoas sobre um produto antes de efetuar a compra.

Saiba como utilizar os micro-momentos
De acordo com um estudo realizado pelo Google, com o aumento da utilização da web vias smartphones, ao longo do dia é possível que a sua empresa crie micro-momentos que incentivem o usuário a tomar alguma decisão sobre algum problema que ele tenha.

E não estamos falando de publicidade apenas: esses momentos podem vir por meio de dicas úteis, notícias, novidades e também anúncios. Por conta disso, quando ele perceber que está na hora de resolver aquele problema, a sua marca será a primeira a ser lembrada.

A barra de progresso e a dopamina
Sabe aquela alegria que rola quando você consegue terminar todas as tarefas de uma lista? Isso acontece porque quando temos sucesso com algum tipo de tarefa, o nosso cérebro lança mais dopamina no organismo, a substância responsável pelo nosso prazer.

Com isso em mente, uma dica para você causar essa pequena descargar de dopamina no cérebro dos usuários é criar barras de progresso para o sistema de vendas do seu e-commerce, assim você não perde o cliente no processo de compra.

Viu como o neuromarketing pode trazer excelentes resultados para o seu e-commerce? Portanto, agora que você já sabe de tudo isso, que tal colocar essas técnicas em prática em sua loja?

Fonte: Profissional do Ecommerce

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário