Procura do consumidor por crédito sobe 7,4% em agosto, aponta Serasa Experian

em set 15, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
artigo-conteudo3

O número de consumidores em busca de crédito em agosto de 2016 cresceu 7,4% em relação ao mês anterior. Se comparado a agosto de 2015, a alta foi de 1,9%. Já no acumulado do ano até agora, a demanda dos clientes cresceu 1,7%. Os dados são do Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor de Crédito, pesquisa divulgada nesta quarta-feira (14).

De acordo com os economistas da empresa, o avanço registrado entre julho e agosto foi beneficiado pela maior quantidade de dias úteis (23 em agosto contra 21), o que também ocorreu em relação a agosto do ano passado (21 dias úteis). Isto mostra que, retirando-se o efeito-calendário, a demanda do consumidor por crédito ainda continua bastante enfraquecida.

Renda

A pesquisa revelou que a maior alta na demanda por crédito ocorreu na baixa renda: na comparação com julho de 2016, o número de pessoas com rendimento mensal de até R$ 500 em busca de crédito subiu 9,7%. Já para os que ganham entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, o índice foi de 9%.

No acumulado do ano até agosto, em relação ao mesmo período de 2015, o cenário se inverteu. A faixa de renda mais baixa registrou queda de 1,8% na busca por crédito, e as mais altas tiveram as taxas maiores. Entre R$ 500 e R$ 1 mil (1,3%); entre R$ 1 mil e R$ 2 mil (2,5%); R$ 2 mil a R$ 5 mil(2,8%); R$ 5 mil a R$ 10 mil (2,8%) e maior que R$ 10 mil (2,3%).

Regiões

De todas as regiões, a Sul foi a que teve mais consumidores procurando crédito. Na comparação entre julho e agosto deste ano, a demanda cresceu 10,9% – seguida por Nordeste (8,2%), Sudeste (6,6%) e Centro-Oeste (5,7%). A Norte teve o menor aumento (3,6%).

Já no acumulado do ano até agosto de 2016, a demanda do consumidor por crédito avançou 4,3% na Região Sul, 2,3% no Sudeste e 2,5% no Centro-Oeste. Na direção contrária estão as regiões Norte e Nordeste com quedas acumuladas de 4,0% e 1,2% no acumulado de janeiro a agosto de 2016 na comparação com o período de janeiro a agosto do ano passado.

Fonte: E-commerce Brasil

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário