Ranking mostra 50 maiores empresas do e-commerce brasileiro

em dez 02, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Um estudo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo disponibilizou um Ranking com as 50 maiores empresas do e-commerce brasileiro. Segundo o estudo, a B2W Digital que detém marcas como Americanas.com.br, Submarino.com.br, Shoptime.com.br e Soubarato.com.br, lidera a lista em faturamento.

Confira o Ranking completo aqui:

50 maiores empresas de ecommerce

Ainda segundo o estudo, nos últimos anos, o maior grande impulso do acesso dos consumidores à internet tem sido o smartphone, que aliou individualidade, mobilidade e conexão, gerando novas experiências de consumo e efetivamente se transformando no centro da cultura digital do brasileiro.

Com o desaquecimento da economia, em 2015 as vendas de celulares recuaram 13,4% em relação ao ano anterior, com a comercialização de pouco mais de 47 milhões de aparelhos, segundo o relatório IDC Mobile Brazil Mobile Phone Tracker.

Mesmo com alguns fabricantes nacionais apostando no mercado de celulares, os insumos são importados e, com a alta do dólar, foi necessário realizar três a quatro repasses nos preços dos aparelhos, o que afetou diretamente as vendas.

Enquanto 2013 e 2014 viram a popularização dos smartphones, em 2015 houve uma mudança no comportamento dos consumidores, que passaram a investir em celulares mais caros e, com isso, fizeram com que o faturamento do setor subisse 1,2% no ano.

Além disso, o estudo fez uma lista dos principais pioneiros do e-commerce. Confira: http://sbvc.com.br/ranking-50-maiores-empresas-do-e-commerce-brasileiro-2016/

lojas pioneiras

Veja outros dados do Estudo:

– As 50 maiores operações de e-commerce do país movimentaram, em 2015, um total de R$ 30,529 bilhões. Esse número corresponde a pouco mais de 73% das vendas totais do comércio eletrô- nico, calculadas em R$ 41,3 bilhões (Ebit).

– As 10 maiores do e-commerce nacional somam R$ 25,4 bilhões em vendas, o equivalente a 61,5% do comércio eletrônico no país.

– Os R$ 41,3 bilhões movimentados pelo e-commerce representam apenas 2,95% das vendas totais do varejo restrito, de R$ 1,4 trilhão em 2015.

– As 50 maiores empresas do e-commerce tiveram um crescimento de 18,2% em suas receitas em 2015, acima da alta de 15,3% do setor.

– Entre as 10 maiores empresas do e-commerce brasileiro estão cinco grupos multicanal e cinco operadores pure play.

– Dos 50 maiores e-commerces, 32 são multicanal e 18 são operações exclusivamente online.

– Os 32 varejistas multicanal representam 34,8% das vendas dos 50 maiores e-commerces.

– Em 19 dos 32 varejistas multicanal, o e-commerce tem uma participação superior à média do varejo (de 2,95%).

– A varejista multicanal com maior relevância do e-commerce nas vendas é a Polishop (67% do faturamento), seguida pela Ultrafarma (49%) e pelo Grupo Herval (39%).

– Os 12 e-commerces multicategorias entre os top 50 do varejo online somam um faturamento de R$ 20,2 bilhões, ou 66,4% das vendas das 50 maiores e 49,06% de todo o e-commerce.

– Das 50 empresas listadas no ranking, das quais apenas 14 são e-commerces “puros”. Entre as dez maiores, cinco têm controle nacional.

– As 10 empresas de capital aberto presentes entre os 50 maiores e-commerces movimentaram R$ 17,1 bilhões. O número representa 56,06% do faturamento do grupo das 50 maiores e 41,4% de todo o e-commerce brasileiro.

– Entre as sete empresas multicanal de capital aberto no ranking, apenas três têm no e-commerce um canal de vendas com participação acima de 5% no faturamento total.

– Sete das 10 maiores varejistas online têm capital fechado, um grupo heterogêneo que conta com e-commerces puros e empresas multicanal.

– Metade das 50 empresas listadas conta com Conselho de Administração. Esse grupo de empresas é responsável por R$ 22,4 bilhões em vendas online, ou 73,4% do faturamento das top 50 e 54,2% de todo o e-commerce brasileiro.

– Dez empresas listadas no ranking tiveram, entre 2014 e 2015, um crescimento de vendas acima de 100%. As líderes em crescimento foram Sunglass Hut (249%) e Eletrozema (217%).

– Oito empresas listadas no ranking operam marketplaces, incluindo as cinco líderes.

– Catorze das 50 maiores empresas do e-commerce têm mais de 15 anos de vida.

– Somente seis das 50 maiores foram fundadas entre 2001

– Vinte das 50 maiores empresas do e-commerce surgiram entre 2006 e 2011, refletindo a expansão contínua da economia brasileira.

Fonte: SBVC

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25