SEO para E-commerce: dicas para iniciantes

em fev 23, 2017:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
Artigo contéudo2

A decisão mais acertada para a sua loja virtual é fazer Gerenciamento de SEO, que é uma das estratégias mais completas para quem deseja fazer sucesso com E-commerce. Cada vez mais o mercado de links patrocinados fica inflacionado pela entrada de novos concorrentes no mercado, e em alguns seguimentos, anunciar no Google fica impraticável pelos valores de CPC para aparecer na primeira página. Nem sempre a conta do ROI vai fechar na hora de calcular o retorno no fim do mês, por isso o caminho natural é desde a implementação do site, trabalhar para que você tenha boas palavras-chave posicionadas nos buscadores.

Por isso, vamos dar algumas dicas básicas para quem quer fazer SEO para E-commerce:

1 – Escolha da plataforma:

Se você ainda não escolheu a plataforma, de preferência para as que tenham a URL amigável, porque facilita a leitura dos buscadores, afinal até para é muito mais fácil você ler uma url /gerenciamento-de-seo do que ler uma url /12jugash820 e como os buscadores tentam cada vez ficar mais próximos do comportamento do usuário na internet, ele vai priorizar o que é mais fácil para ele entender.

Outro fator importante na hora de escolher a plataforma, é a velocidade que ela carrega. Faça o teste com alguns sites que utilizam a plataforma usando ferramentas como o Pingdoom por exemplo. Quanto mais rápido for o carregamento da página, melhor o seu site é rankeado.

2 – Conteúdo dos produtos:

Imagine que você compra um remédio e a bula dele vem 1 ou 2 linhas sem informações básicas, como composição, dosagem, contraindicações, armazenagem, etc. Você tomaria esse remédio? Não, certo? Vai comprar uma TV na internet, e o site não disponibiliza informações sobre o tamanho da tela, se ela é ou não smart TV, se é 4K etc., você vai comprar ela em outro lugar. Basicamente, o tamanho e a qualidade e a relevância do conteúdo são muito importantes aos olhos do Google, por isso a recomendação é que a discrição do seu produto tenha pelo menos 350 palavras e que o conteúdo seja original.

3 – Otimização das imagens:

O maior erro quando começamos a fazer otimização de sites no SEO e que você não pode repetir na hora de acrescentar as imagens aos seus produtos são, imagem muito pesada, imagem com nome que não reflete o produto e imagem sem o atributo Alt Text.

Sobre a imagem pesada, influencia no tempo de carregamento da página e isso é um fator de rankeamento, por isso, utilize ferramentas como o Tiny PNG para deixar as imagens mais leves.

No caso do nome da imagem, se você vende um Sofá Amarelo de 3 lugares, a sua imagem também deve ter esse nome, afinal, muita gente utiliza a aba de imagens do Google para escolher um produto, e se essa imagem chama imagem1.jpg, o Google e o usuário terão muito mais dificuldades em saber o que tem dentro do arquivo. No caso do atributo Alt text da imagem, é basicamente uma descrição resumida da imagem. Ex: Sofá Amarelo de 3 lugares com almofada removível e acabamento em courino.

4 – Meta Título e Meta Descrição

Basicamente são as fontes de leitura e entrada do cliente em seu site, por isso, lembre-se sempre de ter a palavra-chave mais importante do produto no título da meta descrição, respeitando sempre o limite de 63 caracteres que é a área que dá leitura nos buscadores.

Na descrição, coloque informações importantes do produto e do seu site que são diferenciais na hora de fazer uma venda, respeitando o limite de 143 caracteres.

5 – Escolha das palavras-chave

Aqui é o pulo do gato na hora de fazer SEO para E-commerce. Não adianta você querer concorrer na palavra-chave “celulares” a não ser que você também tenha os números da Mega-Sena dessa semana, você não vai ganhar dinheiro. Procure oportunidades em palavras-chave de pouca concorrência, mas com um volume de buscas razoável. Você pode por exemplo utilizar o Key Word planner do Google para ver o volume de uma palavra-chave e começar a trabalhar nos produtos relacionados. Sempre busque trabalhar palavras onde os maiores players do mercado ainda não estejam trabalhando, para assim, ter um resultado mais fácil na hora de posicionar a sua palavra-chave.

Fonte: Terra

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25