Site americano de sucesso inspira brasileiras a criarem o próprio negócio de E-commerce

em jan 10, 2014:por

Fabiola Barbosa

Licenciada em Marketing, Publicidade e Relações Públicas. Neste momento está cursando o Mestrado em Estratégia Empresarial. É colaborada da eNext e Nextecommerce.
final site

Um modelo de negócio que tem crescido muito no exterior, o aluguel pela internet de vestidos de marcas famosas, já pode ser encontrado no Brasil. Por aqui, a novidade teve estreia em fevereiro deste ano por meio da Dress & Go, site que disponibiliza vestidos de coleções atuais dos mais renomados estilistas por um valor bem menor do preço da peça no varejo. A ideia surgiu como uma solução para atender uma demanda reprimida no Brasil. Os alugueis variam de R$200 e R$900.

Para se ter uma ideia, uma peça Reinaldo Lourenço, que custa R$ 5.400 na loja, pode ser alugada por R$473. As fundadoras são as amigas Barbara Diniz (27) e Mariana Penazzo (26), que eram do mercado financeiro e investiram R$300 mil no projeto. A expectativa é que o e-commerce alcance receita de R$800 mil no primeiro ano de funcionamento.

O estilo de negócio é inédito no país e as sócias querem incentivar o consumo inteligente por parte do consumidor. “As mulheres podem testar a marca antes de comprar. Somos um excelente test drive’’, enfatiza Mariana. E completa: “Os estilistas têm aderido muito bem ao modelo da Dress & Go, pois entendem que a experimentação prévia aumenta suas vendas futuras”, completa.

Pesquisas e análise de mercado nas grandes capitais da moda foram essenciais para tirar o projeto do papel. O modelo inspirador foi o Rent The Runway, que aluga vestidos e acessórios de grandes marcas. O site americano, em três anos, já possui um acervo de mais de 50 mil peças e tem mais de três milhões de membros. Recentemente, levantou cerca de U$ 55 milhões de investimento. Já a Dress, em sete meses, conta com centenas de vestidos das mais badaladas marcas, como a internacional Missoni e as nacionais Carlos Miele, Reinaldo Lourenço, Iodice, André Lima, Huis Clos, entre outros. A pretensão é trabalhar em 2014 com mais de 1.500 vestidos, sendo boa parte de estilistas internacionais.

A Dress & Go oferece um prazo variável para o uso de suas peças. Pode-se alugar para apenas uma ocasião, de batizados a festas de casamentos, ou, até mesmo para uma viagem, onde há a necessidade de ficar vários dias com o vestido. ”Usar uma marca bacana pagando uma pequena porcentagem do preço é uma decisão inteligente’’, finaliza Mariana, outra sócia.

O negócio hoje atende os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais. Mas ainda este ano, deve expandir para outras grandes capitais. O aluguel é todo online, há filtros que separam os modelos por ocasiões, tamanhos, modelos etc facilitando a busca. O pagamento é feito por cartão de crédito. Após a data acordada a cliente coloca o vestido no envelope pré-pago enviado junto com a embalagem de entrega. O frete e a lavagem já estão inclusos. Além do site, a empresa possui um ateliê na capital paulista, onde as clientes podem experimentar, caso sintam necessidade.

Fonte: http://www.administradores.com.br

veja também:

final  tretas

Seja Responsável e Pense Responsivo

O fácil acesso à tecnologia mobile, como smartphones e tablets, CONTINUAR LENDO…

final landing page

A importância da Landing Page

Com tantas oportunidades de atrair clientes, podemos dizer que a CONTINUAR LENDO…

2.pjg

Irá o mercado on-line acabar com as lojas físicas?

Os mercados até agora têm resistido ao aumento das compras CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25