Taxa de conversão real, como medi-la?

em jan 13, 2014:por

Dante Lima

Formado em Administração de Empresa pela FAAP e com Pós Graduação em finanças pela Insper – SP. Professor de e-commerce na Internet Innovation. Sócio da enextgroup, responsável pela Uber Digital. Tem histórico de clientes como: Arezzo/Schutz, Telhanorte, RaiaDrogasil, Gallerist, LelisBanc, Enjoei, Mash, Meu Amigo Pet, entre diversos outros.
Views58
final dante

A tão falada taxa de conversão é um conceito muito simples: Volume total de visitas no site dividido pelo número de pedidos.

Para medir essa métrica, o 1º. passo é implantar corretamente a tag do Google Analytics e a tag para e-commerce (a segunda é responsável por medir os pedidos).

Ter esses 2 indicadores não basta para medir a taxa de conversão correta. É imprescindível que tome como base o volume de pedidos APROVADOS. Eles consideram exatamente o que você realmente vendeu, pois o Google Analytics não consegue mensurar o desdobramento dos pedidos não pagos, como por exemplo boletos em aberto, pedidos barrados no anti-fraude, cartão sem limite de crédito, etc.

Para ter essa exata noção, é fundamental fazer extrair relatórios diários da plataforma, com a relação total de pedidos. Aí fica fácil, basta dividir o volume total de visitas (Google Analytics) pelos pedidos concluídos do site.

A tag do e-commerce mesmo assim é muito útil, com ela é possível acessar toda a aba de comércio eletrônico no Google Analytics, configurando funil de vendas, vendo origem de mídias, venda assistida, entre várias outras.

Para ter impacto no resultado, deve-se olhar e pensar em aumento de conversão e também na aprovação dos pedidos.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25