Teoria das Vendas

em nov 22, 2013:por

Iago Rodrigues

Estudante de Design Digital, possui dois anos de experiência como Web Designer. Atualmente, atua com designer na área de Interface Web, na eNext Marketing Services.
Views151
vendas

1. Conheça a sua marca

Você pode descrever o que sua loja de comércio eletrônico faz e vende em dez segundos? Será que seus funcionários e clientes dizem a mesma coisa? Se não, você precisa descobrir o que sua marca realmente é e como ela se encaixa em sua indústria e ou mercado. Uma vez descobertos, podem ser tomadas medidas para ajustar a forma como a sua marca é percebida e como ela está posicionada, ou seja, a escolha de tipografia adequada, juntamente com uma paleta de cores adequada e estilo. Se você já tem uma marca firmemente estabelecida, ótimo! Apenas certifique-se que a mesma esteja direcionando sua loja para seu público alvo.

 

2. Conheça os seus clientes

Quem quer consumir seus produtos? Você está perdendo um público potencial, grande ou pequeno, que pode aumentar a receita? Porque identificar quem são o seu público-alvo e onde eles estão, você irá garantir que sua estratégia de design faça com que essas pessoas se sintam confortáveis com o design do site se sintam bem com ele. Este é o primeiro passo na construção do fator de confiança. Ao contrário de vendas na vida real, a loja virtual não tem vendedores para orientar o consumidor e é por isso que é crucial entender o seu público-alvo e garantir que, através da concepção de sua loja ela inspire confiança e credibilidade.

 

3. Concentre-se em Usabilidade

Fazer sua navegação fácil e intuitiva é uma ciência. Isso não significa que ela precisa ser excessivamente difícil ou complicada para pessoas com graus avançados e anos de experiência. Em vez disso, ele só precisa ser estrategicamente pensada. Seus produtos devem ser agrupados em categorias e subcategorias que fazem sentido. Seus produtos também devem ser apresentados em uma grade limpa com rótulos adequados que sejam de fácil leitura e visualização.

 

4. Dar aos usuários caminhos limpos e claros

Os usuários não saem clicando em qualquer link, apenas quando fazem sentido e vão leva-los para uma página onde o conteúdo é relevante e organizado, isto é uma evolução natural em direção a um destino (a compra). Os usuários tendem a se perder por desordem em uma página com nenhum caminho real para seguir. Uma vez que as conversões não necessariamente acontecem na home page, dando a seus usuários caminhos claros e inteligentes. Tendo uma navegação simples e clara é um bom caminho, tendo claro as chamadas à ação e call-to-actions para os itens populares também é um bom caminho. Isso são três caminhos claros, adicionar um bloco de pesquisa claro e bem posicionado e agora você tem quatro caminhos estratégicos para o seu usuário entrar no “funil de vendas”.

O uso excessivo de links em texto também podem atravancar uma página. A melhor forma de representar um link é com o uso de imagens e ícones sempre que possível para fornecer uma solução visual para a navegação. Um conjunto de ícones sólido pode fornecer algo a mais aos olhos mais críticos. Estes são alguns dos detalhes que fazem um site competitivo e não deixar nada a desejar.

 

5. O que adianta ter mil patos se nenhum bota ovos?

Temos que nos questionar e verificar se a loja funciona como esperado. Enquanto os usuários anseiam por uma experiência interessante e gratificante, resolver quebra-cabeças ou tentar descobrir características inesperadas ou funcionalidade não claras, definitivamente não é o que eles querem. Se alguma coisa se parece com um link, deve ser um link, caso contrário, redesenhe e encontre outra solução. Não inclua efeitos de hover em algo que não é “clicável”. Usuários chegam rapidamente à conclusão de que, quando as coisas não funcionam como esperado, bandeiras vermelhas se levantam fazendo com que seus usuários questionem seu site. Ter elementos que não funcionam como o esperado pode ser o “beijo da morte”. Seu design e funcionalidade deve fazer todo o possível para evitar a confusão e minimizar comprometer a confiança.

Na web uma loja verdadeiramente bem sucedida não se concretiza sem planejamento e pesquisa. Entender esses 05 princípios acredito que ajudará você focalizar sua atenção no que é importante e crucial para um projeto de design de sucesso na web. A web é um meio incrível que está crescendo muito, sendo assim, produzindo um web site de comércio eletrônico de alta conversão, que oferece ao usuário uma experiência incrível, pode ser um ótimo negócio! Comesse com a compreensão desses princípios e desenvolva uma estratégia que realmente envolva seu consumidor e inspire confiança e desejo de consumo.

 

Sucesso e boas vendas!!

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

One Comentários

  1. […] By Iago Rodrigues […]

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25