Use metas SMART para garantir o crescimento do seu e-commerce

em jul 07, 2016:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.
Artigo  contéudo

O principal desafio de pequenos e-commerces é garantir o crescimento do negócio e a satisfação do cliente. Em busca desses objetivos, muitas questões passam pela mente do empreendedor: Como melhorar a experiência do usuário? Como ter um site melhor? E como definir estratégias que aumentem o número de vendas e, consequentemente, a receita da loja?

Para garantir a expansão do negócio só há uma maneira: investir em pesquisa e planejamento, e isso inclui a análise de diversos dados para ter insights relevantes e assertivos. Felizmente há uma maneira rápida de alcançar isso. Por meio das metas SMART.
Metas SMART: o que são e para que servem
O primeiro passo é entender o que são as metas SMART.

Como mostra a imagem acima, SMART é a sigla de Specific (específica), Measurable (mensurável), Attainable (alcançável), Relevant (relevante) e Time based (temporal). As metas SMART, também conhecidas como metas inteligentes, servem para definir os objetivos do negócio concentrando-se na obtenção de resultados, ou seja, ajudam a tornar as metas alcançáveis e realistas.

Pode parecer algo óbvio se pensarmos que todo objetivo visa um resultado, mas, na gestão de uma loja virtual, a definição de uma métrica ou objetivo errado pode causar sérios prejuízos na análise dos resultados e, consequentemente, na conversão de clientes. Por isso é tão importante definir as metas certas, que ajudem a alcançar o sucesso do negócio.

Como aplicar as metas smart no planejamento estratégico do seu e-commerce
Conheça detalhadamente cada objetivo SMART e saiba como inclui-los no planejamento estratégico do seu e-commerce:

Metas SMART – Específico (“S” specific)
Defina um objetivo quantificável para o seu site, como: aumentar o número de leads qualificados em 15%,melhorar a taxa de conversão em 5% e melhorar a satisfação do cliente em 10%.

A análise da taxa de conversão costuma ser uma das mais importantes, pois mede o verdadeiro desempenho do site. Andrew Kucheriavy, CEO e cofundador da Intechnic, empresa especializada em soluções web para e-commerce, afirma que prefere a definição de objetivos relativos (10% mais leads) ao invés de números absolutos (como 1000 leads), pois isso também mede o desempenho do site, independentemente de flutuações no tráfego.
Metas SMART – Mensurável (“M” measurable)
Estabeleça critérios concretos para medir o progresso de cada objetivo. Os principais métodos de medição são o acompanhando de leads por meio da sua plataforma de envio de e-mails, acompanhando da taxa de conversão (o Google Analytics pode ajudar nisso) e pesquisas com clientes antes e depois de mudanças no design do seu site.

Não há como fugir dessa análise: se você não acompanhar o desempenho de cada métrica, não saberá como está o desempenho do seu e-commerce. É como trabalhar no escuro.

Metas SMART – Atingível (“A” attainable)
Não adianta definir objetivos muito baixos ou impossíveis. Para que o seu e-commerce cresça de maneira contínua e progressiva é preciso estabelecer metas reais, que sejam possíveis de atingir. Aumentar o número de leads de 0 para 100.000, por exemplo, é uma meta real? E quais ações vai desenvolver para que esses leads sejam qualificados?

Para definir metas tangíveis, compare o desempenho atual do seu site, analise se os seus objetivos realmente podem ser atingidos e, o mais importante, reflita sobre como você pode agir para alcançar isso.

Segundo Kucheriavy, as médias do mercado sugerem que é possível aumentar a taxa de conversão em 5% apenas apresentando fotos de melhor qualidade dos produtos, vídeos e depoimentos de clientes. Um adicional de 10% pode ser conquistado por meio de publicidade paga e SEO para aumentar o tráfego. Além disso, testes de usabilidade sugerem que o uso de user experience design (UX) para melhorias no site pode resultar no aumento da satisfação do cliente em 10% ou mais.

Metas SMART – Relevante (“R” relevante)
Pare e pense: por que determinada meta é importante para o seu negócio? Em que vai ajudar a alcançar a visão e missão da empresa? Ela está de acordo com as necessidades da empresa e dos clientes?

Para obter essas respostas, é importante analisar se cada meta é consistente com os outros objetivos que você estabeleceu a curto e longo prazo. Por exemplo, o aumento de 5% nas vendas da sua loja virtual está alinhado com a meta da empresa de aumentar a receita em 10% no próximo ano?

Como você viu, o ponto chave aqui é analisar a relevância dos seus objetivos de acordo com o todo. Por isso é tão importante definir metas reais, que sejam fundamentais para o crescimento do seu e-commerce, e constantemente acompanhá-las.

Metas SMART – Temporal (“T” time based)
Defina prazos para as suas metas, assim você terá um alvo claro para trabalhar. Mas, lembre-se: o prazo também precisa ser realista, ou seja, deve ser determinado por um período em que seja possível alcançá-las.

“O aumento de 20% em leads provenientes do seu site vai começar com o percentual inicial de 10%, resultante de melhorias que você pode realizar no design do site em 6 meses, contando a partir de agora. Os outros 10% serão resultado do tráfego adicional para o site através de publicidade paga e SEO, que vai demorar pelo menos mais seis meses para produzir resultados desejáveis”, explica Kucheriavy.

Como você pode ver, a elaboração de um calendário é fundamental para atingir seus objetivos, mas é essencial que os prazos sejam condizentes com a realidade. No exemplo dado por Kucheriavy, é preciso levar em conta não só o tempo que vai demorar para redesenhar o site, mas também levar em consideração que o resultado de algumas ações, como SEO, pode não ser imediato.

Objetivo smart: definir metas assertivas é o que realmente importa
Todos os tópicos que garantem a eficiência das metas SMART envolvem a definição das principais tarefas do dia a dia para acompanhar o progresso da empresa e chegar ao objetivo final.

Na gestão de um pequeno e-commerce, muitas vezes é preciso lidar com recursos escassos, tanto de mão de obra quanto de investimento, tornando o desafio do crescimento ainda maior. No entanto, vale lembrar que nenhum império se ergueu sozinho, todo grande negócio teve um começo muitas vezes modesto, que exigiu inovação, criatividade e um olhar perspicaz para alçar o crescimento.

Para implementar as metas SMART em seu negócio:

– Defina as suas principais metas.
– Determine as tarefas que precisará realizar para alcançar essas metas.
– Alcance seu objetivo.

Coloque esses passos em prática e siga confiante rumo aos seus objetivos. Aproveite e deixe um comentário contando as principais dificuldades e alegrias que você enfrenta no dia a dia do seu empreendimento. Compartilhe suas experiências!

Fonte: Mandaê

veja também:

Como obter um diferencial e recompensar os clientes do seu e-commerce

Por: Alejandro Vásquez, cofundador da Nuvem Shop e diretor de CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo3

Geração “Y” de consumidores demanda muita atenção de varejistas

Por: Juan Pablo Uma estratégia móvel robusta nos dias atuais CONTINUAR LENDO…

Consumidores multicanal: a nova tendência do varejo

Por: Pedro Ivo Martins O consumidor mudou, online e offline CONTINUAR LENDO…

artigo-conteudo

5 métricas fáceis de analisar que ajudam a crescer uma fan page

Por: Camila Porto As principais dificuldades apresentadas pelos empreendedores e CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário