Yoox finalmente compra Net-a-Porter

em abr 06, 2015:por

Redação Next Ecommerce

O Nextecommerce é um canal para compartilhar idéias sobre as tendências e novidades que encontramos e produzimos no mercado.

Após extensas negociações, Yoox compra a varejista de luxo Net-a-Porter

O grupo italiano Yoox confirmou a aquisição da londrina Net-a-Porter, comércio eletrônico de moda de luxo, por US$ 775 milhões. A fusão criará a maior varejista online de bens de luxo do mundo, com valor de mercado de mais de US$ 2,5 bilhões.

As duas empresas afirmaram que estavam em conversas ontem e confirmaram a fusão nesta terça-feira em comunicado. A Net-a-Porter já era conhecida como Amazon de luxo, por causa do seu tamanho e influência no setor.

A nova empresa se chamará Yoox Net-A-Porter Group e será listada na bolsa italiana, onde a Yoox já opera como companhia aberta.

A empresa criada com a fusão terá mais força para competir no mercado online. Diversas lojas de departamento estão investindo em comércio eletrônico e varejistas como a Amazon.com estão criando seções específicas para luxo, acirrando a concorrência.

“Empreendimentos estabelecidos estão sendo cada vez mais perturbados por gigantes tecnológicos”, disse Johann Rupert, chaiman do grupo Richemont. “É com isso em mente que acreditamos que é importante aumentar a liderança e tamanho, para proteger a singularidade da indústria de luxo”.

“Hoje, abrimos as portas para a maior loja de moda de luxo”, disse Natalie Massenet, fundadora da Net-a-Porter, em um comunicado.

“Será uma loja que nunca fecha, sem fronteiras geográficas, uma loja que conecta e inspira milhões de consumidores globais preocupados com estilo, oferecendo acesso para as grifes de estilistas mais finas”.

O grupo Richemont terá 50% da nova empresa. No entanto, os seus direitos de voto se limitarão a 25% para preservar a independência da companhia.

Natalie Massenet será chairman executiva da nova empresa, enquanto Federico Marchetti, fundador e CEO do Yoox, será o presidente. O negócio ainda depende da aprovação dos acionistas do grupo Yoox, o que deve ocorrer em junho de 2015. A aquisição deve estar completa em setembro de 2015.

Depois disso, a companhia deve lançar uma oferta pública de ações para levantar cerca de 200 milhões de euros para aumentar o caixa.

As negociações entre Richemont e Yoox começaram em 2013, segundo a Bloomberg.

Características complementares

As duas empresas foram criadas em 2000. Yoox foi criado pelo ex-investidor Federico Marchetti e a Net-a-Porter pela estilista Natalie Massenent.

As receitas da Net-a-Porter do ano fiscal terminado em 2014 cresceram 23% em relação ao ano passado, chegando a US$ 835 milhões. Já a Yoox obteve um faturamento de US$ 14,8 milhões no mesmo período.

A italiana Yoox desenvolveu um modelo de negócio baseado em revenda de itens não vendidos de grandes grifes, como Dolce & Gabbana, Armani e Cavalli. As peças, de coleções passadas, são vendidas online com desconto.

Já a londrina Net-a-Porter é bem conhecida no mercado de luxo. Ela é controlada pelo grupo Richemont, que também detém as marcas Cartier, de relógios, e Chloe, grife de roupas de luxo. Foi chamada de Amazon de luxo, pelo seu tamanho.

A expansão da varejista é fruto do trabalho da estilista inglesa Natalie Massenet.

Para despertar o interesse de consumidoras, ela achava que o site precisava oferecer atrativos que fossem além dos produtos, como uma equipe de consultores de moda, que fica a postos até aos domingos.

O site londrino, que é visualizado por mais de 2,5 milhões de consumidoras por mês, vende para mais de 170 países e investiu recentemente em centros de distribuição pelo mundo, segundo a BBC.

Na semana passada, surgiu um rumor de que a Amazon.com estaria interessada em comprar a Net-a-Porter por US$ 2 bilhões. O boato foi logo desmentido pela varejista online.

DE EXAME

veja também:

adwords

Como melhorar as vendas com o Google AdWords para e-commerce?

Por: Wallace Castro Você quer vender mais, economizar tempo e fazer CONTINUAR LENDO…

red bull

Marketing de Conteúdo te dá asas

Por: Renann Mendes Nunca fui muito fã de dar aulas, CONTINUAR LENDO…

shopping

Google Shopping: aprenda como usá-lo a seu favor

Por: Raquel Lisboa – Nuvem Shop É cada vez mais CONTINUAR LENDO…

email

Por que o marketplace é o assunto do momento no e-commerce?

O ano de 2017 está sendo marcado pela consolidação do CONTINUAR LENDO…

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

Calendário

 
JUL 25