Crise? O comércio eletrônico vai mundo bem, obrigado

em set 22, 2015:por

Alfredo Soares

Alfredo Soares, iniciou sua carreia como empreendedor em 2005 quando, ainda recém-formado em publicidade e propaganda, fundou a agência de comunicação e eventos Conceitual360. Em seguida, fundou o Marketing Shop, um portal com solução de marketing para micro e pequenas empresas. Em 2014, com o crescimento do comércio eletrônico e conhecendo a dificuldade dos lojistas para administrar e promover suas lojas, deu origem à Xtech Commerce.
Views14
Sem Título-1

Há algum tempo o comércio digital deixou de ser apenas uma opção para quem quer expandir os negócios. Hoje o digital é uma das principais portas de entrada para quem deseja investir em um novo empreendimento, já que estabelecimentos físicos enfrentam grandes problemas como o alto custo de estrutura. Além disso, uma loja física pode ter seu crescimento refreado, já que sempre limitará o lojista a vender para uma região específica e não atingir todos os seus potenciais clientes.

Um cenário que tem sido muito comum de se ver é o investimento no digital por quem já se encontra estabelecido em uma loja de bairro, ou até mesmo dentro de shoppings em grandes centros. Levar seus produtos para o online se apresenta hoje como uma ótima saída para lojistas enfrentarem a recente diminuição de movimento, já que aparentemente os clientes também começaram a pesar os custos da logística que precisam enfrentar quando desejam comprar algo, como deslocamento, estacionamento e alimentação.

Nos últimos cinco anos o Brasil vem se destacando de forma muito positiva como um país de empreendedores digitais. Quando falamos de comércio eletrônico, estamos observando um mercado que já se apresenta como crescente e muito estável, com inúmeros incentivos e cases de sucesso que acompanhamos diariamente.

Hoje o lojista consegue montar sua loja virtual de maneira prática, entendendo todos os processos, com plataformas que oferecem inteligência, de vantagens e suporte próximo à ele, nivelando sua competitividade com os maiores players e automatizando suas vendas para clientes que hoje passam 24h conectados em redes sociais.

Caminhamos muito nos últimos anos e hoje é muito mais fácil, barato e menos burocrático abrir uma empresa, inclusive com a ajuda de muitas startups que são focadas em tornar esse caminho cada vez menos estressante para quem deseja colocar novos e bons produtos no mercado. Hoje já não é mais surpreendente ver jovens saindo da faculdade e ambicionando muito mais trabalhar em suas próprias ideias do que ir atrás de um emprego e se colocar em um mercado já saturado.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25