Dicas de usabilidade para seu e-commerce.

em out 23, 2013:por

João Parente

Formado em Publicidade e Propaganda, especializado em gestão de projetos. Trabalhou em grandes agências digitais, como F.biz e TV1.com, e na multinacional Liberty Seguros. Atualmente Sócio da eNext, PMO e responsável por gestão de projetos e performance. Tem histórico de clientes como: Karsten, 3 Corações, Grupo Bandeirantes, Microsoft, Guaraná Antártica, Grupo Pão de Açúcar, 3M, Petrobras, Boticário, Volkswagen, Semp Toshiba, Gerdau, Unilever, e Netshoes.
Views33
mulher-computador-625x340

Todo dia entro em sites na internet e me deparo com problemas de usabilidade, que tenho certeza que deixam as pessoas bravas e frustradas ao navegar.

Lendo alguns artigos, escolhi 5 dicas que achei de grande valor para se pensar na hora de montar o seu e-commerce.

1 – Evite menus com muitos níveis

Normalmente os menus que possuem muitos níveis proporcionam uma navegação ruim! Quando movemos o mouse, muitas vezes no momento em que é possível visualizar o desejado, um movimento errado pode fazer com que o menu suma e você tenha que começar tudo novamente.  Isso pode fazer com que o usuário desista!

Uma maneira inteligente de solucionar o problema é, por exemplo, a solução feita pela Amazon, onde já traz uma seção inteira aberta:

1

2 – A categorização do seu site pode confundir o usuário.

Preste muita atenção quando for desenvolver o que chamamos de árvore mercadológica, ou seja, a árvore de navegação dos produtos e serviços. Temos alguns artigos já postados aqui no Next E-commerce falando sobre o assunto.

Muitas vezes o que pode ser uma forma fácil de achar um produto para você, não é para outra pessoa.

A melhor forma de testar isso é pedir para diferentes tipos de usuários encontrarem produtos em seu site, sem usar a busca.

3 – Busca interna do site é crucial!

Existe uma grande chance dos visitantes do seu site usarem a busca.

Os principais problemas da busca geralmente são:

  1. Os resultados da busca não identificam variantes, como plural, Hifens, erros de digitação e etc.
  2. O Box de busca não é longo o suficiente.
  3. Os resultados de busca simplesmente não fazem sentido.
  4. Resultados de busca não estão em ordem de prioridade ou, relevância.

Para entender se o seu e-commerce está com a busca funcionando da forma correta, basta testar! Olhe o log de buscas e faça as mesmas pesquisas analisando se o resultado está relevante. Busque pelos seus principais produtos. Não se esqueça de comparar com a concorrência. Por último, teste também buscas por termos não relacionados a produtos, por exemplo, contato, coisas institucionais e assim por diante.

4 – Links devem parecer links.

Este item parece muito obvio, mas perdi a conta das vezes que entrei em sites e não encontrei link para o que eu queria, e quando percebi, eles estavam lá, mas não com cara de link.

Os links devem ter cara de link! Colorido, sublinhado e idealmente devem ter cores diferentes para links visitados e não visitados.

5 – Proporcione engajamento aos usuários

Muitos sites são perfeitamente navegáveis (User Friendly), porem possuem um grande problema, não engajam os usuários.

A marca e os produtos devem ter uma conexão com o cliente, uma ideologia, um conceito, algo incomum, que traga valor! Não basta somente colocar produtos a venda, o cliente deve querer comprar!

Estes são somente alguns dos pontos mais importantes que vejo com frequência, mas existem outros inúmeros problemas que podem frustrar os usuários e “manda-los” embora do seu site.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

One Comentários

  1. Josemar Lucas disse:

    Ótimas dicas, João! Muitas vezes nos esquecemos ou menosprezamos o simples, o óbvio.

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25