O desafio do gerenciamento de estoque cross-channel

em dez 09, 2014:por

Victor Ferrante

Victor Ferrante é formado em Publicidade e Propaganda pela PUC-SP, fascinado por e-Commerce e design. Colaborador da eNext e NextEcommerce.
Views45
gerenciamento-de-estoque

Estudo identifica que menos da metade dos varejistas entrevistados possuem um sistema com ampla visibilidade do estoque

A hybris, uma empresa da SAP e provedora de plataforma para comércio que mais cresce no mundo, anunciou hoje uma pesquisa realizada pela RSR, que destacou os desafios que varejistas enfrentam em suas transições para o próximo passo do comércio omni-channel. Com o título “Omni-Channel Retail 2014: Double Trouble”, a hybris foi responsável pela pesquisa, que contém análise de tendências de negócios, oportunidades e desafios organizacionais relacionados às estratégias omni-channel dos varejistas. De acordo com o estudo, o principal desafio que, atualmente, os varejistas enfrentam para atingir o próximo nível de comércio, é o da implementação apropriada de gerenciamento de pedido e estoque, que tem ultrapassado o gerenciamento de dados. Resultados mostram que para 93% dos varejistas, o sistema com visibilidade total  do estoque é a principal demanda para ter uma estratégia omni-channel, e cerca de apenas 45% consegue ter esta capacidade. Complementando, 39% fazem isso pela sincronização de sistemas por todos os canais. 

O estudo explora o impacto da nova realidade de compras, em que os consumidores esperam realizar sua experiência de compra no ambiente digital, ou melhorar sua experiência na loja física com a mobilidade digital.

A pesquisa Omni-Channel Retail 2014: Double Trouble alerta sobre três pontos:

  • Os vencedores do varejo desenham uma experiência digital com objetivo duplo de transacionar mais vendas no ambiente digital e endereçar mais vendas nas lojas físicas;
  • A execução do Omni-Channel tem se tornado a principal prioridade para os varejistas; 53% querem permitir aos consumidores comprar, receber ou devolver um produto pelo canal de sua escolha;
  • Agilidade no atendimento dos pedidos exige mudanças nos sistemas operacionais e processos para suporte eficiente das expectativas dos consumidores em qualquer lugar e a qualquer hora.

A pesquisa também mostra que os varejistas que se destacam no mundo omni-channel reconhecem que os universos físicos e digitais são conectados e essa compreensão é a chave para alavancar os ativos – independente de como os clientes decidem engajar. Os varejistas que reconhecem esse potencial já buscam melhorias operacionais em todos os canais para aproveitar as oportunidades de entrega no omni-channel.

“A inegável tendência dos clientes de utilizarem caminhos complexos de compra tornam o conceito de único ‘canal de venda’ altamente irrelevante”, afirmou Stefan Schmidt, Vice-Presidente de  Estrategia de Commerce & Cloud da hybris. “Como mostra a pesquisa, os varejistas que falham em oferecer uma experiência única entre os canais digitais e físicos estarão em desvantagem em relação aos que oferecem essa experiência entre os canais digitais e físicos, e possibilitam que os consumidores comprem produtos por qualquer canal. No entanto, os varejistas devem ter processos amplos nas empresas, para assegurar que atenderão as promessas feitas aos clientes”.

A grande imagem – fechando o ciclo

Os varejistas estão trabalhando duro para atender o cliente da mesma forma por todos os canais. Enquanto no início o foco era juntar dados para obter “uma visão única do cliente”, a pesquisa mostra que agora isso foi estendido, a fim de obter mais flexibilidade na cadeia de suprimentos, pois os varejistas olham para o fechamento de todo o ciclo, para entregar uma melhor experiência ao cliente.

No entanto, conforme os varejistas procuram expandir suas estratégias de merchandising na loja para atender a promessa de uma experiência completa de omni-channel, dois fatores-chave nas organizações têm dificultado os esforços; 44% dos respondentes da pesquisa confirmaram que ainda estão inaptos a integrar o estoque e o gerenciamento de pedido em todos os canais, enquanto para 42% falta uma visão consolidada do cliente por todos os canais.

“Alinhar e fortalecer a cadeia de suprimentos para expandir a mentalidade ‘always on’ por todas as áreas da experiência de compra é a próxima prioridade dos varejistas que já enfrentam um desafio duplo de entrega para o consumidor final e para empresas”, comentou Nikki Baird, Gerente e Parceiro da RSR Research. “Conforme os varejistas focam em modificar seus sistemas operacionais e processos para eficiência e suporte de compras em qualquer hora e lugar, a empresa ganha uma visão ampla dos clientes, e o gerenciamento do estoque é essencial para começar a mensurar a operação e atender as necessidades dos clientes por todos os canais que ele quer e precisa”.

Varejistas que enfrentam esse desafio obterão a flexibilidade exigida para atender a demanda do cliente cross-channel com disponibilidade do estoque, independente do local físico.

Para uma cópia do relatório, por favor, visite: https://www.hybris.com/en/downloads/analyst-report/rsr-omni-channel-2014/715

Metodologia

A pesquisa RSR, patrocinada pela hybris, analisa os desafios que os varejistas enfrentam ao entregar uma experiência ao cliente omni-channel always on, e o que diferencia os varejistas ‘líderes’ dos ‘atrasados’. Uma pesquisa online conduzida entre Abril e Julho de 2014, obteve respostas de 83 varejistas qualificados, incluindo executivos sêniores e gerentes (C-Level ou VP) e executivos médios (VP/Diretores/Gerentes), representando empresas varejistas com receitas máxima de US$ 5 bilhões e mínima de US$ 50 milhões, e com presença na América do Norte (EUA e Canadá), América Latina, Reino Unido, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico.

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25