Start-up vende café ilimitado a US$120

em mar 17, 2015:por

Marcelo Pimenta

Especialista em vendas, marketing e negócios, pós graduado pela ESPM e com especialização em negócios internacionais pela Florida International University (Miami, EUA). Atualmente Gerente Geral de Produtos da Vale Presente S.A., com passagens por Threadless (USA) e Magazine Luiza.
Views29
Cups Café

Café é uma verdadeira mania no Brasil. De fato nós produzimos alguns dos melhores grãos do mundo e o consumo no dia a dia é gigante, mesmo que a maior parte desses ótimos grãos seja exportada.

Por isso, pra inspirar a sua cabeça empreendedora, vamos falar de café sendo vendido de um jeito diferente nos Estados Unidos, totalmente adaptável pro mercado brasileiro. Trata-se de um mobile commerce integrado ao mundo offline de maneira incrível. Veja mais a frente.

cups-app

Direto de San Francisco, CA

Continuando meu tour por San Francisco, CA, em dos milhares de encontros de startups da cidade, tive a chance de conhecer Gilad Rotem, um israelense gente fina que é fundador do aplicativo CUPS(ou xícaras, em português). Este app nasceu para combater o forte crescimento da Starbucks nos Estados Unidos e funciona de maneira bem simples: você pré-compra uma quantidade que desejar de cafés com desconto, e depois vai consumindo nas centenas de cafeterias associadas em Manhattan, de acordo com sua vizinhança. A cobertura do aplicativo já alcança 200 cafeterias de bairro na Grande Nova York.

map-cups

Em uma cidade como Nova York, onde o hábito de levantar cedo e tomar um café na esquina é cultural, criar um serviço desses é uma ideia com forte potencial de crescimento.

Gilad é um dos muitos empreendedores que enfrentam dificuldade para montar um negócio nos Estados Unidos. Ele me contou que fundou sua startup em Telaviv (Israel), através de um bootstrap – dinheiro do próprio bolso – e que bancou advogado de imigração e investimento de capital pra crescer nos EUA. Agora está buscando investidores para apostar na ideia e crescer sua base de usuários.

Seus planos de expansão estão bem agressivos, uma vez que ele planeja deter todas as cafeterias dos Estados Unidos, se tornando uma espécie de “marca de todas as cafeterias independentes”. Pra ele, a principal proposta de valor que o app oferece aos americanos é essa vibe aconchegante de cafeteria local, que a Starbucks nunca conseguiria proporcionar.

cups-app-landing

Modelo de Negócio

A CUPS roda com diferentes planos para você comprar os cafés. É possível comprar desde 5 xícaras por US$16; ou 15 + 1 grátis por US$48 e o plano mais interessante na minha opinião: xícaras ilimitadas o mês inteiro por US$120. Essa é boa pra quem é viciado em café.

As cafeterias associadas não pagam taxa alguma para se associar ao serviço. Quando um usuário faz a compra no app, a CUPS faz o repasse financeiro já com sua remuneração descontada (variando de acordo com o consumo em cada cafeteria).

Geralmente a CUPS repassa metade do preço de varejo pelos cafés das cafeterias, o que certamente atrai muitos “novos consumidores” devido a atratividade do custo. Imagino que a esperança dos comerciantes que participam dessa rede é que a CUPS possa gerar muito mais leads e, consequentemente, essas pessoas consumam outros tipos de produtos, aumentando significativamente o tíquete médio.

veja também:

Não há outros artigos postados por esse autor

Deixe um comentário

O que achou do conteúdo? Compartilhe sua opinião:

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu e-mail aqui e receba as novidades do mercado

eNext Dashboard

eNext Dashboard

SLI Systems

SLI Systems

Calendário

 
JUL 25